Mulher impediu 14 pessoas de cometer suicídio com bilhetes de ajuda

Hoje em dia, muitas pessoas sofrem por dentro e não deixam que isso transpareça cá para fora por recear as consequências de revelar a sua fragilidade. Infelizmente, isso torna difícil para quem está à volta delas perceber que elas precisam de ajuda, e é por isso que não devemos deduzir nada sobre os outros.

Lisa Barnes, uma jovem inglesa, sabe bem disso, e isso motivou-a a criar a campanha Bridge The Gap, que espalha bilhetes escritos à mão nas pontes de Manchester, locais conhecidos por um elevado número de pessoas que lá tentam o suicídio.

Para evitar isso, Lisa cria várias frases, escreve-as em bilhetes que plastifica posteriormente e espalha-os pelas pontes.

“Não faz mal pedir ajuda”, “tu és incrível, corajoso e forte” e “o que estás a pensar? Vamos conversar” estão entre as frases escritas por Lisa, que já conseguiu desta forma ajudar 14 pessoas que queriam cometer o suicídio.

A sua campanha iniciou-se após ela própria ter sido convencida a não tirar a própria vida em 2017. A partir daí, Lisa ficou determinada em inspirar outras pessoas a fazer a escolha acertada, pelo que já distribuiu mensagens em 22 pontes de Manchester, cidade onde reside.

“São mensagens escritas à mão, pessoais, não é apenas uma placa que alguém doou. Quando eu as escrevo, realmente acredito no que estou a escrever e espero que as pessoas possam ver isso”, diz Lisa.

Com iniciativas destas, certamente o mundo vai-se tornando um lugar muito melhor, não acha? PARTILHE!

Mãe acorda ao ouvir um rosnido estranho vindo do Pit Bull que a faz ir ver o filho e descobrir o motivo do comportamento do cão

Os Pesquisadores Encontraram O Primeiro Sintoma Do Alzheimer E Não é A Perda De Memória