in ,

Mãe acorda ao ouvir um rosnido estranho vindo do Pit Bull que a faz ir ver o filho e descobrir o motivo do comportamento do cão

No mundo de hoje, os pit bulls têm má reputação devido a notícias negativas. No entanto, qualquer dono de pit bull dirá que eles são os companheiros mais leais de todos, e que dão amor incondicional.

Quando a família Daniels decidiu adotar uma pit bull, eles não pensaram muito nisso. Era o segundo pit bull que a família possuía e eles nunca temeram a raça.

Mas o novo membro da família a que chamaram de Ember estava prestes a mudar a sua família para sempre. Após a adoção, Ember cresceu perto de Tre Daniels, um pequeno de 10 anos.

A mãe Tracy não pensou muito nisso até que um dia acordou com o som de um rosnido baixo ao lado dela. O barulho estranho despertou-a.

Ainda confusa pelo sono, ela não conseguia entender o que estava a acontecer, mas conseguia sentir o quanto Ember ficara tensa.

Quando abriu bem os olhos, viu Ember deitada ao lado dela, continuando a rosnar. A princípio não fez caso daquilo, mas Ember recusou-se a sair do seu lado ou parar de fazer o barulho estranho.

O comportamento de Ember era alarmante, no mínimo, e Tracy não conseguiu ficar ali por muito tempo sem ir investigar.

Então, levantou-se e seguiu Ember, que a levou à casa de banho. Tracy deu uma vista de olhos na divisão… e o seu coração parou.

Pendurado ao lado da banheira estava o seu filho Tre. Em pânico, a mãe pegou no pequeno e puxou-o para fora, ligando imediatamente para o 911.

Tre estava a ter uma convulsão, e se não fosse por Ember, a família nunca teria tido conhecimento disso. Agora, estão eternamente gratos por Ember, porque sem ela, quem sabe o que poderia ter acontecido.

A organização onde adotaram Ember, chamada Adore-A-Bulll, espera que histórias como esta se tornem mais comuns nas redes sociais para diminuir o estigma negativo que cerca os pit bulls.

Quanto a Ember, a fiel companheira da família, salvou um dos membros da mesma e isso é algo que ninguém esquecerá.

Empregada de mesa queixa-se de pés doridos mas a resposta do cliente fá-la correr para o parque de estacionamento

Mulher impediu 14 pessoas de cometer suicídio com bilhetes de ajuda