in ,

Mulher vê polícia com um homem perto do caixote do lixo. Ao testemunhar as suas ações, decide secretamente tirar-lhes fotografias

Infelizmente, não é raro ver pessoas a mexer no lixo para encontrar garrafas ou latas para trocar por dinheiro, pois por vezes faz a diferença entre ter uma refeição quente e ir dormir de barriga vazia.

Quando Jenny Crider deixou o seu complexo para ir buscar a sua correspondência, ela avistou um homem numa bicicleta que ela tinha visto antes a revistar o lixo. Ela também viu um polícia de Mesa, Arizona, a estacionar…

“Eu sinceramente pensei que ele ia pedir para ele sair dali e parar de mexer no lixo”, conta Jenny.

Jenny tinha a sensação de que o homem que ela vira várias vezes poderia encontrar-se em dificuldades, e estava preocupada com ele, porque ele parecia precisar de uma ajuda e o dinheiro das latas que ele procurava provavelmente vinha a calhar.

Mas quando ela voltou para casa após recolher a sua correspondência, ela ficou surpreendida com o que realmente aconteceu entre o polícia e o desconhecido…

O polícia que apanhou o homem era Kent Green, um ultramaratonista de 28 anos que trabalhou durante oito anos no cargo e já fez milhares de milhas como corredor. Quando ele viu o homem a vasculhar o caixote do lixo de outra pessoa, ele não se sentiu compelido a passar-lhe uma multa ou afugenta-lo.

De acordo com o Runner’s World , ele realmente temia pela segurança do homem, então ele pediu que este se afastasse do grande recipiente de lixo.

Quando o polícia Green voltou para o carro, percebeu que os sapatos do homem estavam bastante gastos. Como ultramaratonista, o policial Green regista impressionantes 70 a 80 milhas por semana durante períodos de treinos de pico, ele sabe uma coisa ou duas sobre sapatos usados.

Na verdade, o agente estreia sapatos a cada quatro ou seis semanas, por isso tirou um par de sapatos um pouco usados ​​da traseira do seu carro de patrulha – um dos muitos que ele guarda por lá para situações como aquela.

Green deu os seus ténis de corrida ao homem, que de bom grado os aceitou. Jenny testemunhou essa troca e não acreditou no que estava a ver.

A moradora de Mesa utilizou o Facebook para creditar o agente pelo seu ato de gentileza, pois ficou impressionada com o que viu:

“Quando voltei para casa depois de receber a correspondência, o polícia trouxe um belo par de sapatos para dar ao homem. São os atos simples, semelhantes a Cristo, que me dão esperança neste mundo. Obrigado Polícia de Mesa por ter policiais tão maravilhosos a patrulhar a área!”

O agente disse que muitas vezes se depara com pessoas descalças enquanto está fora de casa e em patrulhamento, o que é duplamente difícil para indivíduos que andam em cimento num verão quente no Arizona.

Até agora, as doações de sapatos de Green tinham escapado do radar, o que o homem modesto prefere. Contudo, ele explicou ao Runner’s World que o crescente apoio da comunidade e de outros tem sido “esmagadoramente positivo e simplesmente incrível”.

A atenção que tem sido dada à sua missão privada também chamou a atenção para a forma como os agentes podem ser por trás dos bastidores. Green disse que espera que isso inspire outros a ajudar os mais necessitados.

Mãe deixa bebé trancada no carro quente enquanto toma o pequeno-almoço – quando volta, ela fica chocada

Adolescente vítima de bullying devido à sua cara vê carro estacionar. Mãe junta-se a ele e fica boquiaberta ao ver quem é