in

Filhos de uma mulher salvam-na de ex-marido violento

Esta é a história de Rachel Moore, uma mulher residente em Brisbane, na Austrália, com os cinco filhos, três deles fruto de um casamento anterior.

Esse relacionamento acabou quando Rachel saiu de casa por ser vítima de violência, mas Rachel acabou por dar uma nova oportunidade ao amor quando conheceu Daryl, passado alguns anos.

Daryl e Rachel apaixonaram-se e passaram 7 anos a criar os três filhos do primeiro casamento de Rachel e os dois que tiveram juntos. Todos viam Daryl como seu pai, pois era um homem muito paciente e atencioso, mas um dia acabou por ter um ataque de fúria e agredir Rachel fisicamente.

Embora tenha sido apenas uma vez, Rachel jurou que nunca voltaria a ser vítima de violência doméstica e terminou a relação, fazendo questão que Daryl saísse de casa.

Os dois conseguiram manter uma relação cordial devido às crianças, mas faziam a sua vida separadamente.

A certo ponto, Rachel reparou que Daryl estava a começar a mudar, pois um dia este tentou ligar várias vezes para ela e acabou por deixar mensagens ameaçadores.

Durante a noite, Rachel ouviu o barulho de um pneu na entrada da garagem, e soube que era ele. Pressentido que iriam haver problemas, agarrou nas crianças e escondeu-se num quarto.

Escondidos, conseguiam ouvir a porta da frente a ser arrombada e Daryl a andar pela casa. Daryl encontrou o quarto, e entrou lá dentro com um rifle na mão. Rachel tentou chamá-lo à razão, mas ele recusava-se a acalmar-se, e chegou a atirar duas vezes no braço de Rachel, deixando-a inconsciente.

Então, os três filhos mais velhos de Rachel decidiram agir: Cameron, com apenas 12 anos, deu um murro no estômago de Daryl e conseguiu desarmá-lo, correndo para o exterior com o rifle para o esconder. Jayden, com 14 anos, imobilizou o ex-marido da mãe com um golpe de artes marciais, acabando por o deixar inconsciente. Entretanto, Kaylea, com 10 anos, conseguiu retirar a mãe do quarto e chamar a polícia.

A mulher acabou por ser levada para o hospital, e pensavam que ia ter de amputar o braço, mas felizmente foi possível salvá-lo.

No final do dia, Rachel pôde finalmente agradecer aos filhos por terem salvo a vida dela de forma tão corajosa.

As crianças receberam medalhas de Orgulho da Austrália pelo seu ato de heroísmo, mas é raro falarem sobre o que aconteceu naquela noite terrível.

Veja o vídeo e PARTILHE!

Marido publica fotos de todas as “road trips” com a esposa e o resultado é hilariante

Menino sobrevive à picada de uma das aranhas mais venenosas do mundo