Idoso que vivia numa casa arrendada desde os anos 60 foi ontem despejado

Manuel Farinha, um idoso de 80 anos, foi despejado esta quinta-feira da sua casa arrendada, em Benfica, onde residia sozinho desde a década de 60.

Depois de alguns desentendimentos com o senhorio, os dois foram para tribunal e Manuel acabou por ser despejado.

A Habita, organização sem fins lucrativos, explica no Facebook a origem dos problemas: o senhorio pretendia aumentar a renda a Manuel, que vivia com uma pensão de apenas 390 euros.

O idoso recusou o aumento e o senhorio recorreu à justiça, que enviou uma notificação a Manuel. Então, o senhor solicitou um advogado oficioso à Segurança Social, que levou mais de seis meses a dar resposta.

O processo foi andando sem que Manuel se pudesse defender, e em janeiro deste ano, o idoso foi efetivamente despejado.

Apesar de Manuel querer ficar em Benfica, a vereadora da Habitação, Paula Cristina Marques levou-o para uma residência de idosos fora de Benfica.

De acordo com a Habita, falou-se em arranjar um quarto em Benfica com a ajuda da Santa Casa, mas “o oficial de justiça queria despachar o processo e disse que “não se podia esperar nem mais um dia”.

“Tentámos obter mais alguns dias para tentar encontrar uma solução nas imediações, e para assim o senhor Manuel permanecer integrado na sua comunidade, o que na sua idade é muito importante, mas a chamada justiça é implacável: sacos de plástico, retirar o senhor de casa, dois polícias a acompanhar e pumba, para dentro do carro. E entretanto fomos identificados pelos senhores/polícias para registar a concorrência”, adianta a organização.

PARTILHE!

10 ideias para decorar a entrada da sua casa e deixar os seus convidados de boca aberta

Mulher vê o homem a chorar após ser forçado a mandar presente para o lixo do aeroporto – o que ela encontra depois parte-lhe o coração