Um homem verte ácido em cima da esposa adormecida porque ela não deu à luz um menino

Esta é a história de Farah, uma mulher de 25 anos, que foi gravemente queimada pelo marido, Siraj, um empreiteiro de 32 anos, enquanto dormia.

O homem atirou ácido para a esposa adormecida no dia 5 de Março, pouco antes do Dia Internacional da Mulher, na sua casa em Moradabad, Nova Deli.

O motivo por trás do ataque foi Farah não lhe ter dado um filho do sexo masculino, após esta ter dado à luz a segunda filha.

Porém, segundo a irmã de Farah, Nusrat Jahan, os problemas já tinham começado há um ano, quando Siraj começou a pedir à esposa um dote depois de sete anos de casamento.

Entretanto, Farah foi levada para o hospital, com queimaduras graves no rosto, nas mãos e no abdómen.

A vítima conseguiu confirmar que a família de Siraj a começou a perseguir e a bater depois da primeira filha nascer.

“Após o nascimento da minha primeira filha, os meus sogros começaram a atacar-me, como se eu tivesse escolhido ter uma filha. O assédio intensificou-se ao longo do tempo, mas desde o ano passado, as coisas realmente começaram a piorar”, conta Farah.

A família de Siraj exigia que esta pedisse dinheiro aos seus pais para lhes dar, e se não o fizesse, agrediam-na. Contudo, a gota de água deu-se quando Farah deu à luz uma segunda filha.

“Eu tentei viver a minha tortura diária pensando no bem-estar das minhas filhas. Eu perguntava quem cuidaria de mim e das minhas filhas se eu deixasse SIraj. Mas nunca esperaria que ele derramasse ácido sobre mim. Eu nunca o perdoarei”, desabafa a jovem.

É verdadeiramente chocante e desolador como em pleno século XXI ainda se assistem a situações tão horríveis como esta.

PARTILHE, é importante!

Agente diz a mulher para abrir o porta-bagagens porque as luzes estão desligadas. Ele não se apercebe que ela está a gravar as suas ações

Alguém bate à sua porta. Então, ela percebe que é um desastre ao ver o garoto com um bebé nos braços!