in

O que são as meias-luas brancas nas nossas unhas e o que revelam sobre o nosso estado de saúde

Quanto melhor conhecermos o nosso próprio corpo, ao pormenor, melhor poderemos identificar possíveis distúrbios, pois o organismo comunica as suas necessidades através até dos elementos pensados mais insignificantes, como as lúnulas.

Na verdade, as meias-luas brancas situadas na base da unha nem sempre são visíveis, mas formam uma parte mais rígida da unha, sendo abaixo delas que se encontram vasos sanguíneos finos que determinam o seu crescimento.

Segundo um estudo do Journal of the Academy of Dermatology, devemos ter atenção a três aspetos da lúnula, como o tamanho, a cor e a forma.

  • Tamanho

Uma lúnula saudável ocupa aproximadamente 1/5 da unha. Se for menor, pode significar problemas nutricionais, metabolismo lento ou até anemia. Quem não tiver lúnula de todo pode sofrer de problemas da tiroide, assim como falta de ferro e vitamina B12.

  • Cor

Geralmente, as lúnulas são de cor marfim. Caso estejam cinza, pode significar problemas digestivos, isto é, o organismo não está a absorver os nutrientes que precisa e fica mais cansado no dia-a-dia. Se forem roxas e sentir dores de cabeça e tonturas, pode ter problemas de circulação que reduzem os níveis de oxigénio dos tecidos e órgãos. Lúnulas pretas ocorrem em caso de intoxicação por metais pesados, e um médico deve ser consultado de imediato. Finalmente, lúnulas rosadas significam pouco exercício físico e problemas a nível dos pulmões.

  • Forma

A forma das lúnulas varia de acordo com o dedo, por exemplo, a do polegar é maior, mas não deve ultrapassar ¼ da unha, indicando sobre a função do paço e pulmões. Esta pode ser menor em fumadores ou pessoas com hipertensão arterial. A lúnula do indicador, assocada ao pâncreas e intestino, pode indicar doenças crónicas caso esteja excessivamente pequena ou nem exista. A lúnula do dedo médio está associada ao sistema cardiovascular e cérebro, e quando esta não existe, pode significar pressão alta ou problemas de circulação. A lúnula do dedo anelar tem ligação ao sistema reprodutivo e linfático, e quando é muito pequena pode significar distúrbios metabólicos. Por fim, a do mindinho está associada aos rins, intestino delgado e coração, e se for muito grande pode indicar pressão alta.

Mulher sentada ao pé de gémeas bebés no avião fica boquiaberta quando os pais começam a distribuir sacos incomuns

Depois de os filhos não fazerem as suas tarefas, a mãe pensa num plano genial que conquistou a internet