in

Quatro adolescentes heróicos salvam idosa presa dentro de casa em chamas

Recentemente, uma idosa viveu momentos de pânico quando se viu presa na sua casa dominada pelo fogo.

Felizmente, tudo acabou bem, graças a quatro heróis improváveis. De seguida, deixamos o relato emocionante da família da senhora:

“Há duas semanas, a minha mãe de 90 anos, Catherine Ritchie, estava a preparar-se para dormir por volta das 21h. Depois de escovar os dentes e os cabelos, ela virou-se e encontrou a sua cama completamente envolta em chamas. Ela tentou apagar as chamas, atirando cobertores e almofadas para o fogo.

O fumo e o calor eram tão fortes que ela ficou desorientada rapidamente, desistindo de combater o fogo e decidindo fugir. Ela carregou no botão chamada de emergência que tem no colar e tentou sair do quarto já dominado pelas chamas.

Ela entrou no armário várias vezes, pensando que era a porta que levava ao corredor. Não era. Não conseguiu encontrar a saída. Estava presa. Fumo em todos os lugares.

Do outro lado da rua, quatro adolescentes viram o fumo e o reflexo das chamas. Não havia um adulto à vista. Quatro jovens tomaram medidas imediatas para salvar uma mulher idosa que eles não podiam garantir que estava em casa, e três delas nunca a tinham conhecido.

Um deles começou a partir o vidro na porta da frente, outro ligou para os bombeiros, outro foi até à porta das traseiras e começou a pontapeá-la, e o último dirigiu-se aos vizinhos em busca de um machado e de ajuda. Em minutos, a porta tinha sido derrubada aos pontapés por um jovem de 14 anos, que encontrou a minha mãe no corredor do lado de fora do quarto dela e agarrou os seus braços.

Os adolescentes que estão sempre a ouvir dizer que não têm idade suficiente para realizar grandes feitos salvaram a vida da mulher mais preciosa e amada que conhecemos. Jovens corajosos. Rapazes que arriscaram as suas próprias vidas, a sua própria segurança, e levaram a minha mãe para fora da sua casa em chamas. Conseguiram levá-la para a rua, onde camiões de bombeiros e ambulâncias chegariam em breve. .

Dylan Wick – 16 anos, Nick Byrd – 14 anos, Seth Byrd – 16 anos e Wyatt Hall – 17 anos, obrigado!

Obrigado pelos vossos atos altruístas de heroísmo e coragem. Obrigado por não permitirem que aquele fosse o fim trágico da vida da nossa incrível mãe. Obrigado por terem ficado com ela, por a terem abraçado e ajudado a sentir-se menos sozinha até que pudéssemos chegar até ela. Obrigado por serem o tipo de pessoa que pensa nos outros, acima de si.

Obrigado por estarem sãos e salvos também. Agradeço aos vossos pais, que obviamente os criaram de forma que os levou a tomar a decisão heroica de salvar uma vida, tudo em nome de outra pessoa. Obrigado por mais do que sabemos agradecer!

Seremos eternamente devedores do tempo que nos deram e do exemplo que estabeleceram para nós. Que Deus abençoe cada um de vocês, por serem uma bênção para nós.

Atenciosamente,

Michael Ritchie, Karen Ritchie Sontag, Pat Ritchie, Jimmy Ritchie, Kelly Ritchie, John Ritchie, Tim Ritchie, Tom Ritchie, Missy Ritchie Nicholas, Ryan Ritchie e 42 netos muito gratos.”

Ela perdeu a mãe e o pai não sabe fazer penteados: a motorista do autocarro escolar faz, todos os dias, lindos penteados nela

Menino que venceu o cancro doa brinquedos aos seus amigos do hospital