in

Professor obriga estudantes a trancar os seus telemóveis e desencadeia um movimento nacional

Hoje vamos dar-lhe a conhecer Michael Lee, professor de fotografia digital de Spokane, em Washington. Durante o ano letivo de 2017, Michael reparou que os seus alunos estavam a entrar na aula mais cedo do que o habitual e a editar as suas fotografias a um ritmo muito mais rápido do que antes.

Finalmente, apercebeu-se que as crianças estavam a trabalhar mais rapidamente, não porque estavam envolvidas no trabalho, mas para poderem voltar a usar os seus telemóveis e passar o tempo nas redes sociais.

O professor estava desanimado, mas determinado a fazer uma mudança para melhor. “O meu objetivo geral era dar às crianças uma oportunidade de se envolver no que estão a fazer. E isso é difícil, quando a cada poucos segundos ou minutos, há um sinal sonoro no telemóvel e se tem de verificar o que é”, explicou.

Michael começou a pesquisar diferentes maneiras de armazenar os telemóveis, e acabou por comprar um grande armário com gavetas para os telemóveis da Amazon. Então, criou um sistema para todos os seus alunos.

Cada aluno recebe um número de cubículo. No início de cada aula, os alunos são obrigados a colocar os seus telemóveis dentro do cubículo designado, que também lhes permite carrega-los durante a aula.

Não demorou muito para que Michael começasse a ver alguns resultados incríveis – e agora outros professores da sua escola estão inspirados a fazer o mesmo.

Veja porque é que as crianças deveriam fazer os trabalhos de casa sozinhas

Uma criança ajuda o seu avô a comer… o vídeo emociona milhares de pessoas!