in

Ficar perto de pessoas que só reclamam esgota as nossas energias

Todos nós temos problemas – até mesmo as pessoas aparentemente mais sortudas. É algo absolutamente natural.

Também é natural partilhar e desabafar sobre os nossos problemas com as pessoas à nossa volta, para obter algum consolo e aliviar a tensão. Porém, se convivermos demasiado com pessoas que só sabem reclamar, as nossas energias acabam por esgotar-se.

Devemos mostrar-nos preocupados com as pessoas que nos rodeiam, mas também precisamos de pensar em nós próprios e em como a convivência constante com a negatividade pode afetar-nos.

Contudo, estabelecer limites não é fácil. Não queremos que as pessoas que amamos pensem que somos egoístas ou insensíveis. Portanto, para evitar os conflitos, é importante ser capaz de identificar as situações tóxicas, compreender como estas podem influenciar as nossas vidas e lidar com elas de forma sensata.

Frequentemente, as pessoas que estão constantemente a lamentar-se e a queixar-se têm tendência para se verem a elas mesmas como vítimas da situação, e não tomam uma atitude para mudar as suas vidas.

Nós sentimo-nos tristes pelas adversidades dessas pessoas e procuramos maneiras de ajudá-las a superar as suas dificuldades, mas com o tempo percebemos que o problema não está no resto do mundo, mas sim na própria pessoa e em como ela resolve agir perante a vida.

As pessoas viciadas em reclamar têm a capacidade de criar sentimentos de pena em nós, e muitas vezes, inconscientemente, começamos a percecionar os problemas dessas pessoas como nossos.

Para além de nos sugar uma grande quantidade de energia, isso muda a nossa atitude, e a nossa felicidade e realização pode começar a depender de como os nossos amigos e familiares se estão a sair na vida.

Então, sentimentos como frustração, culpa e tristeza começam a ser constantes na nossa vida, quando não o eram, o que resulta em alterações hormonais no cérebro. Aqui ficam algumas das consequências negativas disso:

  • Desequilíbrio emocional
  • Dificuldades na resolução dos problemas
  • Deterioração da concentração
  • Pensamentos negativos

As pessoas que reclamam muito não sabem lidar com as fases difíceis da vida e vivem num estado constante de frustração e culpa, usando as suas energias para se queixarem, em vez de procurar solucionar os seus

Gosto desta publicação -->
problemas . Você pode fazer a sua parte para ajudá-las, mas é importante respeitar os seus próprios limites e não prejudicar a sua própria saúde mental e qualidade de vida.

Se perceber que as suas tentativas de ajudar são em vão, o melhor a fazer é afastar-se e concentrar-se no seu próprio sucesso. Não se deixe ser consumido pela espiral de negativismo.

De seguida, deixamos 4 comportamentos que nos ajudam a afastar das pessoas que se estão sempre a queixar:

  1. Mantenha uma distância saudável

Quando perceber que essas pessoas estão a tentar manipulá-lo ao fazerem-se de vítima, escolha manter uma distância saudável para não ceder aos seus comportamentos tóxicos. Se se recusar a ouvir suas queixas constantes, elas perceberão que você não está disposto a receber as suas energias negativas.

  1. Seja hones a pessoa sobre a sua situação

Algumas pessoas só aprendem as suas lições através da sinceridade. Então, se você chegou ao seu limite, seja honesto em relação à atitude da outra pessoa e diga-lhe que ela tem total responsabilidade sobre a sua vida e a sua situação atual. Tente não absorver as questões pessoais dessa pessoa para si mesmo. Todos somos responsáveis pelas nossas próprias vidas.

  1. Não demonstre “fraqueza”

Na maior parte das vezes, vai estar a lidar com um manipulador. Então, é fundamental manter-se sério e firme na sua posição. Provavelmente sentirá empatia pela pessoa, mas mantenha o controlo e transfira para ela a responsabilidade sobre a própria vida.

  1. Defina limites

Você tem direito ao seu espaço pessoal. É você quem define até onde as outras pessoas vão com as suas reclamações. Estabeleça limites e não permita que a sua compaixão o faça perder o controlo. Se for necessário, coloque um ponto final na situação. Afinal, a responsabilidade de cuidar e proteger a sua saúde emocional e mental é apenas sua.

PARTILHE!

Homem de 99 anos caminha 9 km todos os dias para visitar esposa no hospital

Tem 70 anos mas parece ter metade: esta mulher partilha os seus conselhos para continuar sempre jovem