in

Homem de 84 anos doa rim a vizinha de 72 anos em puro gesto de bondade

Esta é a história de Linda Nall, uma senhora de 72 anos que tem problemas de rins há muitos anos, e cuja situação piorou muito recentemente.

Linda precisava urgentemente de um transplante de rim, e devido à dificuldade em encontrar um dador compatível e à urgência que vivia, colocou uma placa no jardim, que dizia:

“Sou do tipo O e preciso de um transplante de rim. Por favor, ajude-me.”

Apesar do apelo, ela nunca esperou ser ajudada tão cedo, e por alguém que estava tão perto dela – na própria rua, até.

O vizinho Frank Dewhurst, um idoso de 84 anos, viu a placa no jardim de Linda e fez questão de agir depois de falar com a esposa.

“Quando ele me disse que me queria dar o rim, fiquei chocada. É uma coisa incrível que ele fez por mim e estou muito grata”, disse Linda.

Embora haja uma ideia geral que os idosos não possam doar por causa da idade, isso não é verdade, pois os dadores são avaliados consoante a sua saúde.

Então, Frank fez vários exames para apurar se estava apto, e como estava não hesitou em fazer a cirurgia. Felizmente, correu tudo muito bem, e em apenas 48 horas regressou à sua rotina normal.

Hassan Ibrahim, chefe de doenças reinais no Hospital Metodista de Houston, onde o transplante foi feito, disse que “em média, mais de 60% dos rins de doadores vivos duram mais de 10 anos, em comparação com 46% dos dadores mortos, pelo que encorajamos os pacientes a encontrar um doador vivo cuja probabilidade de nunca ter problemas renais após o transplante exceda os 99%”.

Depois do transplante, Linda estava muito ansiosa por poder passar mais tempo com a família e os amigos e fazer mais atividades.

“Eu vivi muito tempo não podendo comer o que queria comer nem fazer o que queria fazer. Vou aproveitar muito bem o generoso presente de Frank e viver a vida ao máximo. Mal posso esperar”, disse Linda.

PARTILHE!

Sou uma mãe “má”: digo muitos “nãos”, imponho regras e faço os meus filhos ajudar-me nas tarefas domésticas

Professor tira os próprios sapatos e oferece a aluno em cerimónia de formatura