in

Mãe fica confusa quando mulher começa a olhar, mas são as palavras da desconhecida que a deixam gelada

Charli Stevens é a primeira a admitir que não é uma das mães que gosta de publicar coisas pessoais nas redes sociais. Mas depois de ter sido humilhada em público por não fazer nada para além de ser ela própria, sentiu que era necessário partilhar a sua mensagem.

Não há muito tempo, Charli estava a fazer compras com o seu filho de 5 meses, Grayson, quando uma mulher se aproximou deles de repente. Sem hesitar, a desconhecida fez um comentário que a deixou atordoada e em lágrimas. Tudo o que ela pôde fazer foi ficar de pé e chorar.

Embora estivesse completamente devastada, a mãe determinada decidiu que não podia deixar aquilo passar. Num mundo que continua a julgar as pessoas com base na sua aparência, a sua história precisa de ser contada.

A maioria de nós concordaria que seria totalmente grosseiro apenas caminhar até alguém e insultar a pessoa, especialmente se nem a conhecermos!

Infelizmente, foi exatamente isso que aconteceu com Charli quando ela estava na mercearia local. Uma mulher de meia-idade decidiu intrometer-se na vida alheia, e dirigir-se diretamente à mãe de Ohio.

“Enquanto lá estava, eu percebi que esta mulher, que provavelmente estava na casa dos 50, continuava a olhar para mim. Odeio quando as pessoas olham fixamente, mas não dizem ou fazem nada. Alguns minutos depois, ela veio até mim e disse: eu acho que as suas roupas são demasiado pequenas para si.”

Charli não podia acreditar que ela estava a ser envergonhada por causa do seu corpo em público! Ela ficou completamente chocada e surpreendida pelo comportamento intrusivo da mulher.

Ela esperava ter ouvido mal a mulher, mas infelizmente, a desconhecida fez questão de reforçar.

“Eu perguntei: desculpe? E ela disse: não é para ofender, mas você é demasiado gorda para esse tipo de roupas”. Lágrimas instantâneas. Eu não sabia o que dizer”, escreveu Charli.

A mãe de dois disse que geralmente não é tímida em dizer o que pensa, mas desta vez ela congelou no seu lugar. A pobre Charli estava muito atordoada para se mexer, e foi aí que a desconhecida tentou defender os seus comentários, dizendo: “não estou a tentar ser má, mas talvez deva reconsiderar a sua roupa antes de sair de casa a partir de agora”.

Depois de a mulher se afastar, Charli ficou parada e chorou. Ela colocou tudo de volta na prateleira e saiu da loja sem comprar nada.

Então, ela decidiu publicar uma fotografia da sua roupa “muito apertada” e uma mensagem importante.

“Porque é que um completo estranho haveria de se desviar do próprio caminho para insultar alguém? E se eu estivesse severamente deprimida? Ou se eu fosse constantemente gozada pelo meu peso e um comentário desses me empurrasse para o abismo? Felizmente, não se passa nenhuma dessas coisas comigo”, escreveu Charli.

A mãe preocupada continuou a dizer que as pessoas precisam de começar a ser boas umas para as outras, ter bom senso e ser respeitosas:

“Esta senhora também não sabe que perdi quase 50kg do máximo que já pesei antes de ter Grayson – mas, aparentemente, isso não é suficientemente bom. As minhas roupas eram mais apertadas do que normalmente usaria, mas e então?! Não deveria importar o que as pessoas usam.”

O único lado bom de toda aquela provação foi o facto de que a sua filha de 4 anos não estava lá para ouvir as observações da mulher. Charli não quer que a sua menina cresça num mundo onde o seu corpo está a ser examinado e julgado por outros, e é por isso que ela está a tentar divulgar a sua experiência.

“Por favor, POR FAVOR, tenha algum respeito pelas pessoas. Você nunca sabe o que alguém está a passar ou se o seu pequeno comentário ou olhar indiscreto é o suficiente para quebrar alguém ou empurrá-los para lá do limite. Eu não estou a escrever isto para ter simpatia, mas sim como um pedido a qualquer um que possa ler isto para ser bom e ter respeito pelas pessoas. Temo que a minha filha cresça neste mundo. Temos que dar um bom exemplo para os nossos filhos”, conclui Charli.

Felizmente, desde que Charli publicou a sua história no Facebook, ela recebeu muito apoio de pessoas que não podiam concordar mais com ela!

PARTILHE!

Emocionante: jovem com síndrome de Down pega na sobrinha pela primeira vez

Durante décadas, desconhecido visita a campa do irmão dela. Depois de 70 anos, a verdade arrepiante deixa-a em lágrimas