in

Cão bebé é separado da vaca que o criou e fica desolado, mas agora veja o reencontro emocionante

Esta é a história de um cãozinho bebé chamado Rookie, que formou um vínculo estreito com uma vaca que agia como mãe em relação a ela.

Rookie é um cão pequeno e energético, que adora correr e brincar. Ele adora os seus donos, mas a sua companhia preferida era uma vaca grande e castanha, que é como se fosse mãe dele. Ela dava-lhe banho e carinhos, e até o deixava sentar e dormia nas costas.

Eles eram amigos íntimos, que comiam e dormiam juntos, e embora fossem inseparáveis a vaca foi vendida, pois infelizmente o dono já não tinha como manter as duas vacas que possuía.

Quando a vaca foi levada, Rookie ficou fora de si de tristeza. Ele uivou e latiu, e era possível podia ver o desespero no seus olhos. Ele estava verdadeiramente perdido, cheio de saudades.

Então, certo dia, ele ouviu a sua mãe emprestada a mugir e ficou louco! Correu pela rua, e mesmo com o dono a chamar o seu nome, ele continuou. A única coisa que importava era o som da sua amiga vaca. Ele seguiu a voz até chegar onde ela estava amarrada e pulou de alegria, lambendo-lhe o rosto.

O proprietário de Rookie seguiu-o e levou-o de volta nos seus braços, repreendendo-o por ter fugido. Durante todo o caminho até casa, Rookie latiu em angústia. Ele não queria ser separado da vaca que o criou e lhe deu tanto amor.

De volta para casa, Rookie perdeu todo o seu entusiasmo e energia. Mesmo com uma tigela da sua comida favorita, Rookie não reagia. Perdeu todo o apetite e o dono estava preocupado com o seu estado.

O pobre cãozinho andava pela área onde a “mãe” costumava estar, triste e solitário, até que ouviu um mugido bem perto… A vaca tinha voltado!

O dono do Rookie decidiu mantê-la pelo bem do pequeno, e também decidiu dar-lhe um novo amigo – outro cão pequeno – para que Rookie mantivesse as suas habilidades sociais e de sobrevivência como um cão.

A ligação entre Rookie e a sua amiga vaca é prova de que os animais sentem tristeza e amor, tal como nós.

PARTILHE!

Idoso observa família diversificada e quando se aproxima comenta algo que faz a mãe perder a cabeça

Os pais mais severos são os avós mais bonzinhos, segundo estudo