Lealdade infinita: cachorro visita sepultura do dono todos os dias.

Esta é a história de Cesur, um cãozinho que vive na Turquia e perdeu o dono, Mehmet Ilhan, de 79 anos, para uma doença prolongada de paralisia.

O falecimento de Mehmet foi terrivelmente dura para Cesur, que deixou de se alimentar e ficou ao lado do caixão com um ar muito abatido, como se estivesse ciente de que nunca mais iria estar com o adorado dono.

Quando levaram o caixão para uma das mesquitas locais, o pequeno cão foi à frente, numa recusa de abandonar o dono.

Segundo o filho do idoso, Cesur não deixava ninguém tocar-lhe até o caixão ser enterrado, e durante os 5 dias que se seguiram ao funeral foram juntos ao cemitério, para estar perto de Mehmet.

Quanto a Cesur, este continua a dirigir-se ao cemitério diariamente e independentemente do tempo, para passar algum tempo com o adorado dono.

Se também ficou emocionado com o luto deste querido cãozinho, PARTILHE!

Depois de os médicos desligarem os aparelhos que mantinham a jovem viva, eles notaram algo debaixo do cobertor

Menina de 2 anos fica azul e começa a vomitar sangue antes de falecer duas horas depois