10 ervas que pode cultivar o ano inteiro em casa usando apenas água

Na culinária, as ervas ocupam um lugar muito importante pois conferem sabor e em muito casos são uma ótima alternativa ao sal, quando bem utilizadas.

Fazer o cultivo de ervas por casa vai ajudar-te bastante a aumentar a qualidade dos teus cozinhados, e como conhecemos formas de o conseguires sem teres de te preocupar em regar e mexer em terra constantemente, vamos ensinar-te.

Primeiro, deves colocar algumas estacas de ervas em garrafas de vidro com água pura (de preferência de nascente ou mineral). A água da torneira não deve ser utilizada neste caso, mas se for a tua única possibilidade deixa-a ao ar livre durante a noite ou guarda alguma água da chuva.

Opta por uma garrafa ou frasco de vidro, de preferência coloridos ou cobertos com papel à volta para as raízes não ficarem à exposição da luz, uma vez que a escuridão ajuda a impedir a formação de algas na garrafa e raiz.

Os recipientes de boca estreita ajudam a suportar as estacas e mantê-las direitas, mas aqueles com bicos muito apertados devem ser evitados pois é preciso haver circulação de ar para as raízes respirarem devidamente.

Quando colocares as plantas nos recipientes, retira as folhas mais baixas, que podem apodrecer na água, e muda a água uma vez por semana.

Logo que as raízes comecem a crescer, no espaço de 2 a 6 semanas, já não precisas de mudar a água.

Coloca alguns ramos de salgueiro em água morna durante a noite e utiliza esse mesmo líquido para estimular o enraizamento.

De seguida, vamos apresentar-te 10 ervas que podes cultivar em água:

Gosta desta página -->
efwggw3tg23g23g-e1481134466699

Gosta da nossa página no Facebook

  • Alecrim – a raiz recortada do alecrim necessita de mais tempo, mas este brota mais rapidamente na primavera. Esta planta deve ser mantida num local com acesso à luz solar.
  • Sálvia – coloca algumas estacas de sálvia em água na primavera, e deixa-a num sítio claro e bem arejado para evitar a formação de bolor.
  • Hortelã-pimenta – repleta de mentol, dá uma sensação de frio na pele e não altera a temperatura, sendo a colocação de algumas estacas frescas na água o suficiente.
  • Estragão – faz alguns cortes na primavera e coloca a erva num sítio quente e com luz. Recomendamos o estragão francês por ser o melhor a nível culinário, porém para saladas o russo é mais indicado.
  • Manjericão – coloca estacas de manjericão em água e deixa-as num lugar com luz solar.
  • Hortelã-verde – processo igual ao da hortelã-pimenta.
  • Tomilho – coloca algumas estacas verdes novas em água a meio da primavera ou no começo do verão. Quando estas crescerem, corta as hastes por forma a aumentar a ramificação.
  • Orégãos – coloca as estacas frescas em água e vai utilizando as pontas nos cozinhados à medida que forem crescendo.
  • Bálsamo de limão – corta alguns talos na primavera ou outono e coloca-as em água num lugar com luz. Passadas 3 a 4 semanas, estes devem desenvolver raízes. Muda a água frequentemente e utiliza as folhas para fazer chá;
  • Stevia – coloca algumas estacas de stevia em água e deixa num lugar quente e com luz solar.