Emocionante

Vovô de 88 anos sobrevivia recolhendo papelão na rua. Até que ele é abordado num supermercado

Se alguma vez lhe ocorrer o pensamento que é tarde demais para fazer algo diferente na sua vida, recomendo que leia esta história de vida do senhor Henrique Paiva Filho, de 88 anos. Este senhor idoso não faz jus à sua idade, e aos 88 anos o seu espírito mantém-se jovem.

A sua força de vontade e alegria de viver deve ser um grande exemplo para todos nós. Nos últimos dez anos ele tem andado pelas ruas do bairro Carandá Bosque, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, no Brasil, a recolher papelão. Em certos dias o seu carrinho chegava a atingir 150 quilos. Um esforço épico para um homem daquela idade, mas todos os dias ele o encarava de cabeça erguida.

Na sua rotina diária, o senhor Henrique passava por um supermercado, quando uma proposta inesperada lhe foi feita. E isso iria mudar a sua vida. Um dos sócios do estabelecimento, Ronaldo Amorim, ficou extremamente sensibilizado com toda a situação do idoso e perguntou-lhe se ele estaria interessado em trabalhar no local.

large_idoso_supermercado

Mas para grande surpresa do sócio do supermercado, o senhor Henrique não aceitou a proposta. Mas a razão da nega devia-se ao facto do homem não saber ler nem escrever.

Mesmo assim, Ronaldo disse-lhe que não havia problema, “Se você souber dar um bom dia, se souber conversar com as pessoas, dar uma atenção para o consumidor, isso vai fazer a diferença”, disse o dono ao idoso. Então, o gerente disse-lhe para ele fazer um pequeno teste, e para o senhor Henrique lhe dizer “Bom dia!”. O idoso entusiasmado com a oferta, respondeu-lhe com um “Bom dia!” e foi contratado naquele preciso momento.

large_dono_do_supermercado

Ronaldo Amorim, um dos sócios do supermercado que ofereceu emprego a Henrique.

Gosto desta publicação -->
large_empacotador

Henrique ajuda nas caixas a empacotar as compras, e já não precisa de sofrer na rua à chuva e ao calor que se faz sentir naquele local. Para além de ser extremamente respeitado por colegas e clientes, ele ganhou a admiração de todos.

O seu desejo para 2017, é que Deus lhe continue dando saúde para que ele possa continuar a trabalhar. Que do resto, Henrique dá conta.

 

Mais Populares

To Top