in

Os pirilampos estão em perigo de extinção

Já muitas pessoas tiveram a oportunidade de ver a magia dos pirilampos no céu noturno, mas as futuras gerações podem nunca vir a viver, pois estes insetos maravilhosos ​​estão em declínio.

No início deste ano, as Nações Unidas divulgaram um relatório alarmante onde consta que um milhão de espécies estão em risco de extinção por causa do ser humano, e os pirilampos são uma delas, juntamente com muitos insetos, o que coloca toda a cadeia alimentar em risco de colapso.

Infelizmente, os seres humanos são a razão pela qual os insetos, incluindo os pirilampos, se encontram em perigo de extinção, pincipalmente nos EUA.

Ao pulverizar pesticidas tóxicos, poluir o nosso ar e água, degradar a paisagem e emitir cada vez mais carbono, é como se prendêssemos a natureza dentro de um grande frasco de vidro e apertássemos bem a tampa.

Na verdade, a perda de pirilampos também afetaria a comunidade médica e muitos dos pacientes.

Os cientistas dizem que as estimadas 2.000 espécies de pirilampos estão em declínio há anos. Perder essas criaturas brilhantes em algumas partes dos EUA, rouba às futuras gerações uma das alegrias mais simples e prazerosas da infância, e aos médicos e investigadores uma valiosa ferramenta de diagnóstico. Ao injetar produtos químicos encontrados na cauda de um pirilampo em células humanas, os investigadores conseguem detetar doenças como o cancro e distrofia muscular.

Os pirilampos são tão importantes que a Declaração de Selangor de 2010 alertou que a sua perda seria um sinal claro de que o ambiente não está saudável:

“Os pirilampos são indicadores da saúde do meio ambiente e estão a diminuir em todo o mundo, como resultado da degradação e perda de habitat adequado, poluição dos sistemas fluviais, aumento do uso de pesticidas nos agroecossistemas e aumento da poluição luminosa em áreas de habitação humana. O declínio dos pirilampos é motivo de preocupação e reflete a tendência global de aumento da perda de biodiversidade”, dizia a declaração.

Estes insetos amigáveis ​​são benéficos para os seres humanos e são um deleite de se ver. Eles não fazem mal nenhum, mas estamos a matá-los.

Dito isto, se quisermos que os nossos filhos e netos possam ver o brilho de centenas de pirilampos numa noite fria de verão, teremos que tomar medidas imediatas ajudar o ambiente  e combater as alterações climáticas.

PARTILHE!

Este homem cedeu a sua vaga de emprego para o colega com um filho doente que seria demitido

Condutor ao volante de Ferrari faz manobra inacreditável para escapar a perseguição policial