Os perigos escondidos destes 10 medicamentos que muitas pessoas consomem! São preocupantes!

Infelizmente, é muito comum as pessoas apostarem na automedicação, não se apercebendo que esta prática pode ser bastante prejudicial.

Isto acontece porque existe um acesso muito facilitado a medicamentos, e as pessoas acabam por acumular uma mini-farmácia em casa, acabando por os utilizar sem aconselhamento médico.

Alguns medicamentos, mesmo os mais conhecidos, têm riscos graves associados quando tomados em excesso, e queremos alertar-te para isso mesmo.

Gosta desta página -->

medicamento2

Por isso, aqui fica uma lista de 10 medicamentos com efeitos secundários bastante sérios:

  • Paracetamol

Este medicamento costuma ser receitado para aliviar casos de dor e febre, e quando o fígado o processa, o paracetamol torna-se NAPQI, uma substância bastante tóxica, que é eliminada de forma rápida pelo corpo.

Quando tomado em excesso, isto é, 4 gramas por dia ou 1 grama de uma só vez, deixa o fígado com grande sobrecarga, o que pode resultar em lesões irreversíveis. A mistura de paracetamol com anti-inflamatórios é desaconselhada.

  • Neosaldina

Os princípios ativos deste medicamento são dipirona, mucato de isometepteno e cafeína, e servem para combater também a dor e a febre.

A toma excessiva pode resultar na diminuição da quantidade de glóbulos vermelhos e brancos e das plaquetas. A dipirona já foi associada a casos de choque anafilático, uma alergia grave, mesmo em pessoas que nunca tiveram problemas com a substância.

Face a esta situação, a venda de medicamentos com dipirona já foi proibida em países como os EUA e a Austrália.

  • Dorflex

Este medicamento, cujos princípios ativos são dipirona, citrato de ofernadrina e cafeína, é utilizado para aliviar as dores musculares.

Para além de conter dipirona, substância que já abordámos acima, possui orfenadrina, que pode causar boca seca, alterações cardíacas, tremores, agitação, delírio e até mesmo levar ao coma ou à morte se for tomada indevidamente.

  • Aspirina

O ácido acetilsalicílico é o princípio ativo da aspirina, que costuma ser usada para tratar a dor e a febre moderada.

O seu uso excessivo pode resultar num choque cardiovascular e até mesmo insuficiência respiratória.

É fortemente desaconselhado combinar este medicamente com álcool ou anti-inflamatórios, pois pode provocar úlceras e sangramentos intensos em órgãos como o estômago e intestino.

  • Adesivos Salonpas

Com salicilato de metila e levomentol como princípio ativo, estes adesivos são recomendados para as dores musculares.

Ao serem aplicados diretamente na pele, os riscos de sofrer uma intoxicação são reduzidos, pois o corpo não absorve tanto o medicamento.

O perigo reside na combinação de Salonpas com outros medicamentos.

  • Eno

O Eno é um dos medicamentos mais conhecidos e utilizados para a azia, com bicarbonato de sódio, carbonato de sódio e ácido cítrico como princípios ativos.

Este medicamento possui uma grande quantidade de sódio, pois apenas 2 envelopes do mesmo possuem 1,7 grama de sódio.

Por esta razão, pessoas que sofram de problemas cardíacos ou hipertensão devem evitar tomá-lo.

  • Omeprazol

Este medicamento também é bastante conhecido e é utilizado para aliviar as dores de estômago. Como a sua ação passa por diminuir a produção de sumo gástrico, a sua utilização prolongada pode acabar por resultar na situação exatamente inversa. Pode também alterar os níveis de magnésio no corpo e causar problemas cardíacos quando utilizado indevidamente ou sem aconselhamento médico prévio.

  • Adnax

O cloridrato de nafazolina é o princípio ativo deste medicamento aconselhado para desentupir o nariz, que surpreendentemente pode causar dependência psicológica.

O seu uso excessivo faz com que o organismo se habitue à substância e que exija doses cada vez superiores para obter o mesmo resultado que se tinha no início do tratamento.

  • Torsilax

Este medicamento tem como princípios ativos diclofenaco sódico, carisoprodol, paracetamol e cafeína e é receitado para tratar dores musculares.

Enquanto anti-inflamatório, o Torsilax pode alterar a mucosa que reveste o estômago e provocar problemas como náuseas, vómitos, diarreias e cólicas.

  • Amoxil

Este é um dos antibióticos mais receitados, cujo princípio ativo é a amoxicilina, que serve para combater as bactérias na origem de variadas infeções.

Após ser usado muitas vezes ou em excesso, as bactérias ganham resistência a este antibiótico e a hipótese de serem criadas e multiplicadas superbactérias é aumentada.

PARTILHA esta informação é muito importante!

Gosta da nossa página no Facebook