in

Menino nascido sem cérebro desafia as probabilidades ao fazê-lo crescer

Esta é a história de um menino que nasceu com apenas 2% do seu cérebro, mas que hoje tem 6 anos e vive feliz, apesar do prognóstico inicial dos médicos.

Numa reviravolta incrível, o cérebro de Noah Wall “cresceu” ao longo dos anos, chegando a 80% quando ele tinha apenas 3 anos.

Mas o cenário não foi tão positivo durante a gravidez. Noah não desenvolveu quase nenhuma matéria cerebral no útero e também tinha espinha bífida, o que lhe dava muito poucas hipóteses de sobreviver.

Foi por isso razões que os médicos perguntaram aos pais de Noah, Shelley e Rob, de Cumbria, se queriam interromper a gravidez. Não uma vez, mas cinco vezes.

No entanto, o casal estava determinado a não tomar essa opção, mesmo com os médicos a esboçar o pior cenário possível.

“Se oferecerem essa opção a pessoas mais jovens, é possível que elas se sintam pressionadas a aceitá-la. Como somos pais mais velhos, temos mais experiência, autoconhecimento e positividade, por isso fizemos questão de dar ao Noah uma oportunidade de viver”, explicou Rob, que também tem mais duas filhas com Shelley.

Claramente essa escolha valeu a pena, pois agora o Noah consegue fazer todas as coisas que os médicos esperavam que ele não conseguisse, como falar, ouvir, ver e sorrir.

Embora muitos acreditem que o cérebro de Noah tenha crescido, há quem diga que este apenas sido comprimido num espaço pequeno e expandiu-se gradualmente.

“Mesmo que o seu cérebro tenha ficado tão esmagado, teria deficiências severas devido a todos os danos. Mas olhem para ele agora! Ele é brilhante e incrível.”, disse Rob.

Contra todas as expectativas, Noah superou todas as expectativas. Mas a história não acaba aí – na verdade, este é apenas o começo para a família, que esteve na Austrália para discutir um tratamento chamado “neurofísica”, que consiste numa mistura de fisioterapia e exercícios cognitivos.

Embora Noah seja atualmente muito jovem para o tratamento, foi avaliado para estar preparado para quando tiver idade suficiente. E o pequeno Noah já está ansioso por aprender a fazer muitas coisas, como surfar, ideia que ele adora.

Desejamos-lhe toda a sorte e felicidade do mundo!

Este rapaz de 16 anos não deixa a sua mulher de 71 anos sair de casa pois tem medo que outros homens a queiram

Casal adota bebé, 5 anos mais tarde ligam para o centro de adoção com notícias sobre a mãe biológica