in

Neste restaurante todos os funcionários são ex sem-abrigos à procura de uma nova vida

Em Portugal, mais precisamente na Rua São José 54, em Lisboa, encontramos um restaurante com o nome “É Um Restaurante”, o primeiro a nível nacional a ser totalmente gerido por ex sem-abrigos.

Esta iniciativa de inclusão teve origem no ano de 2016, na associação CRESCER, que tem como objetivo ajudar aqueles que são quase sempre esquecidos pela sociedade.

O chef português Nuno Bergonse apoiou o projeto, tendo participado na seleção de empregados de mesa sem-abrigo.

Todas as pessoas sem-abrigo têm uma história, cada uma diferente da outra, mas todas elas complexas e que merecem ser ouvidas.

“A verdade é que falei com pessoas que nunca tocaram num cigarro, nunca consumiram drogas e foram parar às ruas por motivos totalmente diferentes, como depressões, separações, divórcios e rejeições por parte da família. Há de tudo”, conta o chef Nuno.

Estes sem-abrigo puderam ainda contar com a ajuda da psicóloga Alexandra Evaristo, membro vital da CRESCER, que os incentivou a mudar de vida e acreditar neles próprios.

Naturalmente, todas as visitas a este restaurante solidário são importantes e têm um grande impacto na equipa de ex sem-abrigos, devido ao alto valor social e sentido de comunidade que se instaura e também os ajuda a não se sentir à parte.

Mãe trabalha com o bebé no gabinete após o fim da licença de maternidade

A fotografia da família mista desta mãe dá um significado inspirador à palavra coparentalidade