Menina nasce com os joelhos invertidos. Mas após ser internada, médicos notam o que ela guarda para eles

Esta é a história de Addie Bryan, uma menina que nasceu com uma condição rara chamada síndrome de Larsen, uma malformação congénita que afeta articulações, mãos, pés e o rosto, num em cada 100.000 indivíduos.

“Quando ela nasceu, os seus joelhos estavam para trás, as suas pernas estavam praticamente até à sua cabeça, ela tinha displasia nos quadris e um pé para dentro”, conta Julie Bryan, a mãe da pequena.

Felizmente, os médicos do Texas Scottish Rite, em Dallas, conseguiram recuperá-la dos sintomas mais graves e colocaram-lhe moldes para as pernas voltarem ao normal quando ela tinha apenas uma semana de idade.

Durante 8 anos, a menina usou cerca de 70 moldes, e acabou por ser capaz de correr e brincar. Então, quando fez 8 anos, o seu maior sonho era retribuir ao hospital tudo o que tinham feito por ela e ajudar quem estivesse na mesma situação que ela, por isso decidiu angariar dinheiro para doar ao Texas Scottish Rite.

Para tal, foi a uma rua movimentada no Texas segurar uma placa, com o objetivo de conseguir $8.000.

Quando as pessoas souberam, quiseram logo ajudar a menina, e começaram a chegar doações de todo o país. Um cheque de USD $ 50.000 foi enviado para o hospital!

A vice-presidente do Scottish Rite Hospital, Stephanie Brigger, ficou sem reação ao ver o cheque, e contou que o dinheiro angariado por Addie vai proporcionar moldes e próteses para crianças durante muitos anos.

PARTILHE esta linda atitude!

Soldado volta a casa e visita a escola – então, uma menina que não é sua filha corre até ele

Menino compra quadro por $2. Meses depois, recebe notícia chocante sobre a sua recente descoberta