Mãe diz adeus ao filho a morrer de cancro: então, ele diz 4 palavras que partem o seu coração

Em setembro de 2015, um menino de 3 anos chamado Nolan estava com o nariz entupido, e os pais acharam que se tratava apenas de uma constipação normal.

Contudo, o pequeno começou a ter dificuldade em respirar e não apresentava melhorias com a medicação. Passados 2 meses, os médicos diagnosticaram-no com rabdomiossarcoma, um tipo de cancro raro e normalmente incurável, que lhe estava a obstruir as vias.

Então, Ruth, a mãe de Nolan, decidiu partilhar uma fotografia do filho a dormir no chão da casa de banho, para mostrar a terrível realidade da doença.

O pequeno fez diversos tratamentos, mas foi perdendo as forças e o cancro acabou por se espalhar, e a probabilidade de sobrevivência desceu de 40% para 20%.

Da última vez que Nola foi ao hospital, não conseguia comer há dias e estava sempre a vomitar. O pequeno vivia assustado, e nunca queria estar sozinho, mesmo quando ia à casa de banho.

Na publicação, Ruth descreveu os últimos dias do filho no hospital:

“Eu sentei-me com ele e encostei a minha cabeça à dele. Então, tivemos a seguinte conversa:

Eu: Dói a respirar, não é?

Nolan: Bem… sim.

Eu: Estás com muitas dores, não é bebé?

Nolan: (a olhar para baixo) Sim.

Eu: Esse cancro é uma porcaria. Não precisas de lutar mais.

Nolan: Não? Mas por ti eu luto, mãe.

Eu: Não! É isso que tens feito? Lutar pela mamã?

Nolan: Bem… duh!!!

Eu: Nolan Ray, qual é o trabalho da mãe?

Nolan: Manter-me seguro! (com um grande sorriso)

Eu: Doce… Eu já não posso fazer isso aqui. A única maneira de te manter seguro é no céu. (o meu coração partiu-se)

Nolan: Então…. vou para o Céu e brincar até chegares lá! Tu vens, certo?

Eu: Claro! Não te livras da mãe tão facilmente!

Nolan: Obrigado, mãe!!!”

Durante os dias que se seguiram, Nolan apenas dormia, e os pais pensaram em ir para casa passar uma última noite juntos, mas quando acabaram de fazer as malas, o menino agarrou na mão da mãe, disse que estava bem e ficaram no hospital.

“O meu herói de 4 anos estava a tentar certificar-se que as coisas eram fáceis para mim. Por volta das 9 da noite, estávamos a ver YouTube na cama e perguntei-lhe se podia ir à casa banho”, conta Ruth.

Então, o menino respondeu: “ok mãe, pede ao tio Chris que se venha sentar comigo e vou por esse caminho para que te possa ver”.

“Fiquei de pé à porta da casa de banho, virei-me para ele e disse: continua a olhar aqui, vou só demorar dois segundos. Depois, corri e saltei para a cama dele, coloquei a minha mão no lado direito do rosto dele, e um milagre que nunca esqueci aconteceu”, desabafa Ruth.

“O meu anjo respirou fundo, abriu os olhos, sorriu para mim e disse: eu amo-te, mãe. Ele virou a cabeça na minha direção e faleceu às 11:54 quando eu estava a cantar “You Are My Sunshine” ao ouvido dele”, conta a mãe de Nolan.

O pequeno acordou uma última vez e juntou forças para dizer à mãe que a amava. Uma história muito triste e emocionante que merece ser PARTILHADA!

Se vir um ornamento em forma de pickle na árvore de Natal de alguém, aqui está o seu significado

Ela não encontrava nenhum vestido para o seu casamento de que gostasse, portanto decidiu desenhá-lo ela mesma… nunca irá ver um vestido tão bonito como este!