Emocionante

Dois namorados do colégio encontram-se novamente após 70 anos e decidem casar-se

Um par de namorados de colégio, que se separaram há quase 7 décadas, reencontraram-se recentemente durante a pandemia de Coronavírus, e agora estão casados.

A história de amor começou há 68 anos, quando Fred Paul e Florence Harvey se conheceram, ainda adolescentes, em Wandsworth, uma pequena cidade na província de Newfoundland e Labrador, Canadá.

Eles passaram todos os momentos que podiam juntos, fazendo caminhadas depois da igreja, participando em espetáculos e roubando beijos entre as aulas.

Todas as noites, durante os 2 anos que passaram juntos, Paul acendia a luz da varanda antes de ir para a cama. Era a sua maneira de dizer boa noite a Harvey, que morava do outro lado da baía, e que a amava.

“Ela foi o meu primeiro amor. A minha primeira namorada e o meu primeiro amor verdadeiro”, disse Paul, agora com 84 anos.

Mas quando Paul fez 18 anos e Harvey 15, os dois seguiram caminhos separados. Paul mudou-se para Toronto em trabalho. Um ano depois, quando voltou para procurá-la, Harvey tinha-se mudado para outra cidade.

Eventualmente, ambos se casaram com outras pessoas e formaram famílias. Mas em 2017, Harvey viu-se solteira novamente, depois de o seu marido Len morrer de cancro. O casal, que teve um casamento feliz por 57 anos, teve 5 filhos juntos.

Passados 2 anos, Helen, a esposa de Paul durante quase 60 anos, também morreu na sequência de vários problemas de saúde, incluindo demência. Juntos, tiveram 2 filhos.

Foi a dor compartilhada pela perda dos seus cônjuges que os reconectou. Quando Harvey soube que a esposa de Paul faleceu, ligou para tranquilizá-lo e dizer-lhe que as coisas iam melhorando aos poucos.

Naquela primeira conversa, que ocorreu um dia após o Dia dos Namorados, falaram sobre as suas vidas separadas, os seus filhos e netos e celebraram as boas lembranças um do outro.

“Nunca pensei que fosse passar disso, mas passámos de conversas uma vez por semana, para duas, três vezes, todos os dias, durante horas. Nós realmente reconectámos, embora não nos tivéssemos visto durante todos aqueles anos”, conta Harvey, agora com 81 anos.

Meses depois, no seu aniversário em julho, Harvey surpreendeu Paul indo a Toronto, onde finalmente se reuniram.

“Quando descobri que ela estava na cidade e vinha ter comigo, eram 10:30 da noite. Corri para fora da cama, vesti-me e escrevi “Bem-vinda” em giz na calçada. Quando ela chegou, fui até ao carro, dei-lhe um abraço e um beijo na bochecha, segurei a sua mão e soube imediatamente que ela tinha tomado o meu coração”, disse Paul.

Apenas três dias após a reunião, o casal estava pronto para se casar. As suas famílias questionaram a rapidez de tudo, mas Paul e Harvey não tinham dúvidas de que queriam passar o resto das suas vidas juntos.

Paul também estava a um mês de iniciar o tratamento para o cancro do estômago, mas Harvey estava comprometida em estar ao seu lado em tudo, no bom e no mau.

No dia 8 de agosto, Paul e Harvey trocaram votos em frente dos familiares e amigos íntimos na Norval United Church em Georgetown, Ontário. Por causa da pandemia do coronavírus, mantiveram a lista de convidados pequena.

“Foste o primeiro homem a acompanhar-me até em casa na minha adolescência. E serás o último”, disse Harvey quando trocaram os votos.

O casamento foi oficializado pelo ministro líder da igreja Paul Ivany, que conduziu mais de 500 cerimónias na sua carreira, mas disse que esta foi “a mais comovente e profunda” em que já tinha participado.

“Os dois estavam casados ​​há anos e criaram famílias e memórias e vidas maravilhosas. Cumpriram totalmente os seus votos para com o primeiro cônjuge. Na doença e na saúde. Na alegria e na tristeza. Para amar e cuidar. E agora, com toda a sabedoria que acumularam ao longo da vida, pelo meio de altos e baixos, estão prontos para dizer esses votos novamente, um ao outro. Não com o entusiasmo ingénuo do amor jovem, mas com a profundidade da experiência de vida. Foi um momento tão poderoso. Havia lágrimas nos olhos de todos os reunidos. Não podíamos deixar de sentir que estávamos a assistir a um milagre real e ao vivo e fomos testemunhas de uma história de amor inimaginável”, contou Ivany.

Agora, o casal planeia refazer os primeiros capítulos da sua história visitando a cidade onde se conheceram e se apaixonaram há tantos anos.

PARTILHE!

Mais Populares

To Top

Possível adblock detectado

Se estiver a usar um Ad Block por favor desligue-o no nosso website. Os anúncios são essenciais para a manutenção deste website.

Refresh