Inspiração

Aos 14 anos vende sanduíches todos os dias para ajudar os seus avós carenciados: “faço isto para agradecer-lhe por tudo”

Esta é a história de Rafael Henrique Pereira, um jovem brasileiro de 14 anos que começou a trabalhar para conseguir dinheiro para ajudar a família com apenas 10 anos.

Atualmente, com a crise económica e desemprego agravados pela pandemia, as coisas ficaram ainda mais complicadas na casa de Rafael, órfão de mãe e pai.

Entregue aos avós, o jovem sempre quis mostrar aos avós todo o apreço e gratidão que lhes tem por o terem criado.

Então, com 14 anos e no meio de uma crise pandémica e económica, fez questão de arregaçar as mangas e trabalhar arduamente para ganhar rendimento extra e ajudar os avós.

Rafael acorda todos os dias às 6 da manhã, agarra na sua velha bicicleta para ir trabalhar a vender sanduíches na rua. Ao fim do dia, ainda estuda para se certificar que um dia terá um futuro melhor.

Até ao início da pandemia, o jovem ganhava até 13 dólares por dia nas suas vendas, mas infelizmente tudo piorou.

Cada vez mais doentes, os avós também deixaram de conseguir adquirir medicamentos ou mesmo alimentos para casa.

“Tive de pedir ajuda, não tinha outra saída. Gosto muito de trabalhar. A minha avó não gosta que eu trabalhe muito, mas faço-o mesmo assim. Sempre ajudei em casa e nunca passámos por uma crise como esta”, conta Rafael, que recorreu às redes sociais para pedir ajuda a amigos, conhecidos e até mesmo estranhos.

O apelo do jovem gerou uma grande onda de solidariedade, pois as pessoas não hesitaram em ajudar a família carenciada, arrecadando dinheiro e comida.

Algumas pessoas até consertaram a velha bicicleta de Rafael, para lhe facilitar o seu trabalho. Graças a toda a generosidade da população, o jovem e os avós estão numa fase muito mais feliz.

Mais Populares

To Top

Possível adblock detectado

Se estiver a usar um Ad Block por favor desligue-o no nosso website. Os anúncios são essenciais para a manutenção deste website.

Refresh