in

Vídeo adorável mostra paciente com demência a cantar no caminho para a terapia musical

A doença de Alzheimer é uma condição cruel, mas este senhor de 82 anos está a mostrar que não vai deixar que ela o derrube.

Maurice Smith costumava cantar profissionalmente em bandas locais nos anos 50 e 60 – mas perdeu o contato com o seu talento após ter sido diagnosticado com Alzheimer há 5 anos.

Porém, depois de um pequeno encorajamento da sua assistente de apoio, Diane Vose, enquanto estavam a caminho de um grupo de musicoterapia, Maurice mostrou que ainda tem genica.

Diane levou Maurice, de Warminster, Wiltshire, a participar na terapia de canto para a Music For The Mind, uma instituição de caridade da Alzheimer’s Society. Desde então ele tem estado muito mais animal, e mal pode esperar pelas próximas sessões.

Assim que Maurice entra no carro com Diane, faz-lhe uma serenata com algumas músicas durante a viagem. O vídeo encantador foi filmado no carro de Diane, e mostra Maurice radiante a cantar a icónica canção “Singing in The Rain”.

“Passo algum tempo com o Maurice todas as semanas para dar à sua esposa Ann um merecido descanso. Nas primeiras semanas, conversámos muito sobre futebol. Um dia, eu liguei o rádio e ele começou a cantar. Eu não podia acreditar na voz maravilhosa que ele tem. Pensei que ele gostaria de ir a um dos grupos de canto do Music for the Mind, da instituição de caridade. Eles ficaram impressionados com Maurice, e agora vamos todas as semanas. E cantamos sempre no carro no caminho até lá. Ele ainda tem uma voz incrível e está muito feliz quando canta. Acho que isso realmente o ajudou. Adoro apoiar o Maurice e adoro o meu trabalho”, partilhou Diane.

A Alzheimer’s Support tem sete coros do Music for the Demence Mind em Wiltshire, e este verão Maurice e os seus colegas do Music for the Mind vão fazer um espetáculo especial para ajudar a angariar fundos para a instituição.

Veja o momento adorável e PARTILHE!

Pai falecido envia flores à filha no seu aniversário todos os anos. Então, um ano a última carta é entregue

Transformar garrafas de plástico em estradas pode ser o futuro