Curiosidades

Vacina contra a Covid-19 pode estar pronta até outubro, declara CEO da Pfizer

No passado dia 28, os executivos de várias empresas farmacêuticas deram a esperança de que uma ou mais vacinas contra a Covid-19 podem começar a ser lançadas antes do ano 2021, salientando as dificuldades assustadoras associadas, como o facto de ser preciso 15 biliões de doses.

A procura por uma vacina contra o novo Coronavírus já movimentou mais de 100 laboratórios por todo o mundo, sendo que apenas 10 chegaram à fase de testes clínicos em humanos.

De acordo com Albert Bourla, CEO da farmacêutica multinacional Pfizer, “se tudo correr bem e as estrelas estiverem alinhadas, teremos evidências suficientes de segurança e eficácia para uma vacina (contra a Covid-19) no final de outubro”. Esta declaração foi feita numa reunião virtual de grandes farmacêuticas organizada pela Federação Internacional de Fabricantes e Associações Farmacêuticas (IFPMA).

A Pfizer juntou-se à empresa alemã BioNTech para o desenvolvimento de potenciais vacinas na Europa e EUA.

“Não teremos quantidades suficientes desde o primeiro dia, mesmo com os melhores esforços”, disse Thomas Cueni, diretor da IFPMA.

Segundo os executivos, outro obstáculo pode ainda ser a falta de frascos de vidro para armazenar as doses. “Não existem frascos suficientes em todo o mundo”, frisou o CEO da AstraZeneca, pelo que já se considera a hipótese de colocar várias doses num único frasco.

Por fim, Paul Stoffels, vice-presidente e diretor científico da Johnson&Johnson, disse que, sendo necessárias 15 biliões de doses, são precisas diversas vacinas diferentes para satisfazer a demanda mundial.

Mais Populares

To Top

Possível adblock detectado

Se estiver a usar um Ad Block por favor desligue-o no nosso website. Os anúncios são essenciais para a manutenção deste website.

Refresh