in ,

Um homem partilha uma imagem do seu cão com a frase “sinto-me” enjoado e ela torna-se viral

Recentemente, a fotografia de um cão tornou-se viral por motivos menos bons, e tem servido como um lembrete de que os donos devem verificar frequentemente as patas dos seus animais de estimação.

Na imagem, podemos ver bastantes carraças agarradas às patas de um cão, o que pode ser muito perigoso porque esses pequenos parasitas transmitem doenças aos animais e aos humanos.

“Senti-me enjoado e tão culpado de não saber isto que imediatamente acordei os meus cães, virei-os e comecei a verificar as suas patas. Eu odeio esses parasitas”, comentou um utilizador.

“Durante todos estes anos, nunca pensei nas patas”, disse outro.

As fêmeas adultas alimentadas, ou no processo de engolir sangue, são as mais vistas porque são muito maiores do que noutros estágios de desenvolvimento. Por exemplo, uma carraça feminina de Hyalomma asiaticum foi pesada numa balança de precisão antes e depois da sua última refeição, e ficou 624 vezes mais pesada – para um ser humano, seria como passar de 60kg para 37 toneladas após 4 ou 5 dias de refeição constante.

Estas refeições permitem às carraças largar entre dezenas e várias centenas de milhares de ovos (varia de acordo com a espécie e os indivíduos dentro da espécie). A melhor forma de retirar uma carraça é utilizando uma pinça para agarrá-la o mais próximo possível e retirá-la com força constante e firme, sem abanões ou rotações para evitar a regurgitação de líquido infecioso na ferida.

Uma câmara escondida filmou o que este carteiro fez ao pastor alemão… estou sem palavras

Família real lança primeiras fotografias do Príncipe Louis e a internet repara num detalhe importante imediatamente