Sem-abrigo triste é ignorado durante 60 anos quando polícia o vai repreender e acaba por descobrir a sua verdadeira identidade

Durante 30 anos, Mick Myers viveu nas ruas da Califórnia sem nada nem ninguém. Ele era um solitário que pedia dinheiro na estrada, nunca tendo sido casado ou tido filhos. O único amor que ele conheceu veio da sua mãe adotiva. Ele sentiu-se ignorado pelo mundo ao seu redor, mas encontrou paixão na música que tocava no exterior da estação de comboio, através da qual tentava obter alguns trocos.

O delegado Jacob Swalwell do Departamento de Xerife do condado da Alameda conhecia bem a presença de Mick na comunidade. Ele tinha-o alertado em várias ocasiões para parar de pedir dinheiro, por ser ilegal, mas um dia decidiu realmente tirar algum tempo para saber mais sobre Mick e as suas circunstâncias.

Jacob passou a saber que o sem-abrigo tinha 67 anos e não tinha segurança social, bilhete de identidade nem ninguém para o ajudar. O simpático delegado decidiu ajudá-lo, mas mesmo com os recursos do departamento, foram necessárias três viagens para Mick obter a identificação necessária. Jacob conseguir inserir Mick no Medicaid e que este recebesse benefícios da providência social.

Mas ainda faltava uma grande parte do quebra-cabeça: reunir Mick com a sua família biológica. Enquanto isso, um investigador particular estava no caso, e a 250 milhas de distância, após seis décadas, a verdadeira identidade de Mick começou a emergir… Veja o vídeo e PARTILHE!

Salvador Sobral lança farpas a Cristiano Ronaldo

Homem nervoso sobe ao palco sozinho, mas assim que abre a boca a plateia fica incrédula