in ,

Sacrifício voluntário: mãe salva filho ao cair de ponte 9 metros

Aos 23 anos, Jennifer estava a levar o filho de 8 meses de carro para a escola, como era habitual, quando bateram contra um carro ao cruzar uma ponte.

Então, ela e o condutor do outro carro pararam no acostamento, à espera da polícia. Jennifer pensava que ela e o seu bebé estavam a salvo na beira da ponte, mas repentinamente, outro veículo que estava a cruzar a ponte perdeu também o controlo e bateu no que estava parado à frente deles.

O choque empurrou-os para o parapeito de proteção, e enquanto caíam de uma altura de 9 metros pelo asfalto abaixo, Jennifer protegeu o filho com o corpo por instinto, como um escudo humano.

Felizmente, isso fez com que o bebé conseguisse sobreviver à queda, e ileso! Porém, a vida de Jennifer nunca voltaria ao mesmo, pois foi para o hospital com a pélvis e nove ossos partidos nas costas, fraturas nas pernas e costelas, feridas nos braços, entre outras lesões.

Entretanto, a jovem acabou por perder uma perna, e teve de passar meses no hospital e em reabilitação para aprender a andar com a prótese. Ao todo, Jennifer foi submetida a 14 cirurgias!

“A minha maior preocupação era mantê-lo a salvo, certificar-me que ele ficava bem. Eu só levei um segundo, ao ver que estávamos a cair. Apenas me tentei agarrar a ele o mais apertado possível”, conta a mãe corajosa.

Desde aí, os amigos de Jennifer criaram uma campanha no site de angariação de fundos coletivo GoFundMe, com o objetivo de a ajudar a pagar pelos tratamentos caros, como ela merece.

Esta é a prova que o amor de mãe é mais forte que tudo, e que as mães estão sempre dispostas a sacrificar-se pelo bem dos filhos.

Mãe não consegue colocar a filha deficiente no carrinho do supermercado. Então, o gesto por parte da loja apanha-a de surpresa

Ela só tem 16 anos, mas a sua audição brilhante já foi vista 17 milhões de vezes