Curiosidades

Restaurante proíbe crianças porque “os pais não conseguem controlá-las”

Lucy Draper, a proprietária de um pub em Southampton, na Inglaterra, está no centro de uma polémica desde que proibiu crianças com menos de 12 anos de entrar no seu estabelecimento.

“É culpa dos pais delas. Eles simplesmente não as disciplinam, e é por isso que 75% das crianças que entram aqui gritam, e não sentadas à mesa. As famílias costumam vir para cá por volta das 5 horas, depois que os seus filhos ficaram no parque o dia todo e já estão hiperativos. Nessa hora, eles deviam ser levados para a cama”, explicou Lucy.

Para além disso, segundo a empresária, os pequenos não conseguem cumprir as recomendações de distanciamento social para evitar a propagação do Covid-19.

“Especialmente com o vírus agora, todos têm de estar sentados no pub, mas não estão, e isto levou-me a um ponto crítico. Já estou farta. Sei que isso vai incomodar algumas pessoas, e já comecei a ver isso no Facebook”, disse Lucy.

A reação da maior parte das pessoas foi de revolta, pois esse pub era dos poucos da zona com comida sem glúten, e a decisão da proprietária pode prejudicar as crianças celíacas.

“Este pub é um ambiente adulto. Não deveria ser uma creche para crianças. A maioria dos meus clientes habituais está lá todos os dias, 2 ou 3 vezes por semana, apenas para tomar uma bebida ou fazer uma refeição tranquila. Temos 11 pubs num quilómetro quadrado por aqui e provavelmente 4 cadeias de bares com áreas de lazer para crianças. Desculpem, mas terão que levar os vossos filhos lá. Sei que somos o número 1 em produtos sem glúten na região, mas garanti que haja um horário para as famílias virem aos domingos e espero que continuem a visitar”, acrescentou Lucy.

O que acha deste caso?

Mais Populares

To Top

Possível adblock detectado

Se estiver a usar um Ad Block por favor desligue-o no nosso website. Os anúncios são essenciais para a manutenção deste website.

Refresh