Polícia aborda um rapaz assustado na rua – dias depois, ele recebe uma chamada terrível da sua mãe

Em dezembro de 2014, o agente Brandon Sheffert estava a circular pelas ruas quando viu um jovem de 16 anos a correr, sozinho e com medo, e percebeu logo que se passava algo de errado.

Assim, aproximou-se e baixou a janela do carro para falar com o rapaz chamado Anthony Schultz. O jovem assustado não disse nada, pois não queria qualquer contacto com a polícia.

O agente ficou intrigado, mas não sabia o que se passava e Anthony recusava-se a contar-lhe. Quando regressou a casa, o polícia ainda estava a pensar no jovem, e resolveu investigar por conta própria.

Então, Brandon foi a casa de Anthony e descobriu que este vivia em condições horríveis, e partilhava o quarto com sete membros da família.

“Eu continuei a visitá-lo e a conversar com ele, queria conhecê-lo e entender como ele se sentia”, conta o polícia.

Os dois rapidamente ficaram amigos, e Anthony começou a ver em Brandon o seu mentor. Contudo, certo dia, o agente recebeu uma chamada da mãe do jovem, que dizia não ter condições para o sustentar e que ele ia ficar sem abrigo.

Face a isto, Brandon e a família resolveram cuidar dele durante alguns dias até que ele pudesse regressar a casa.

Anthony pôde voltar, mas quando fez 18 anos, a mãe expulsou-o definitivamente, e Brandon recebeu-o de novo em casa, e desta vez… para sempre!

Eles consideram-no parte da família, levando-o de férias, tendo-lhe pago a carta de condução, etc.

Atualmente, Anthony está a tentar arranjar um emprego, mas o seu grande sonho é ser militar.

A sua nova família deu-lhe esperança na vida, mostrando-lhe que o mais importante não é o sangue, mas sim o coração.

Mulher dá pedaço de papel a um sem-abrigo e ele revela sua verdadeira identidade

Filha é operada porque o pai precisa de um rim. 8 horas e meia depois, esta é a realidade