in

Queridos pais, parem de gritar se querem que os seus filhos não façam o mesmo

Todas nós temos dias maus, por isso nem sempre conseguimos ser um exemplo a seguir, nomeadamente para os mais novos. Mas devemos dar o nosso melhor para o fazer, porque as crianças são autênticas esponjas de comportamentos, atitudes e palavras.

Deve evitar recorrer ao ditado “faz o que eu digo, não faças o que eu faço”, pois trata-se de um paradoxo educacional, uma inconsistência, um modelo de atitude negativo que pode prejudicar as crianças a longo prazo.

Os pequenos são muito observadores e imitam tudo o que os rodeia, quer o bom, quer o mau, podendo mesmo vir a adotar certos comportamentos como seus no futuro.

Embora não seja 100% infalível, o exemplo é o melhor método de ensino. Então, sempre que der por si a fazer algo que não se enquadra na educação que quer passar aos seus filhos e que não gostava de ver refletido neles, tente dar um passo para trás, contar até 10 e abordar as coisas de uma forma melhor.

PARTILHE!

Estudo diz que dormir muito nos fins-de-semana pode ajudar a viver mais anos

Atira o carro novo no rio por despeito: os pais não lhe deram o Jaguar que ele queria