in

Professora demitida por dar zero a alunos que não entregaram o trabalho de casa – agora, a sua nota de despedida está a tornar-se viral

No passado, todos os estudantes tinham de fazer os trabalhos de casa, mas atualmente tem-se debatido bastante se estes apresentam mesmo benefícios ou não.

Enquanto uns acham injusto dar trabalho extra às crianças para depois das aulas, outros consideram isso uma forma de disciplinar e alargar a educação delas.

Apesar do debate, não foi tomada nenhuma decisão que impossibilite os professores de mandar trabalhos de casa. Entretanto, uma professora da Flórida, chamada Diana Tirado, foi demitida por dar zero às crianças que não realizaram os trabalhos de casa.

“Ensinar é um chamamento para mim”, diz a professora que começou a dar aulas no West Gate no mês passado.

Muitos alunos não entregaram um trabalho de casa que a docente pediu, e esta acabou por lhes dar negativa. Contudo, a escola tem uma “política do zero”, incluída no manual do aluno e dos pais, e segundo a mesma, Diana tinha de dar 50% da nota aos alunos que não tinham feito nada.

Como não estava de acordo com isso e não achava justo para com os alunos que tinham realizado o trabalho de casa, a professora atribuiu zero aos não cumpridores, o que resultou na sua demissão no dia 14 de setembro.

Estando ainda no período probatório, nem sequer teve direito a uma explicação, e no último dia na escola, escreveu a seguinte mensagem para os estudantes, no quadro:

“Adeus, crianças.

A Professora Tirado adora-vos e deseja-vos o melhor na vida.

Fui demitida por me recusar a dar-vos 50% da nota sem terem entregue nada.”

Depois de tornar a sua história conhecida no Facebook, milhares de pessoas mostraram-se indignadas com a situação e apoiaram a professora.

“Estou tão chateada porque temos uma nação de crianças que estão à espera de receber apenas por aparecerem, e isso não é real”, explica Diana.

Veja a entrevista abaixo e PARTILHE!

Adolescente segura nervosamente o microfone no palco, mas quando começa a cantar a expressão de Simon muda ao perceber que cometeu um grande erro

15 pais que esperavam bebés e acabaram por receber idosos