in

Procura-se pessoas para dar carinho a bebés abandonados: a iniciativa desta associação lembra-nos a importância do amor

O afeto é uma necessidade primária do ser humano, especialmente os recém-nascidos, que desenvolvem muito melhor com carinho, calor e amor.

O contacto pele a pele dos bebés com os adultos apresenta grandes benefícios a nível físico e mental.

Segundo um estudo feito pelo Dr. René Spitz sobre uma amostra de crianças em estado de privação afetiva, isso tem uma ligação com doenças motoras, problemas de visão e fala e até mesmo mortalidade infantil.

Basicamente, o carinho e o contacto são fundamentais logo que a criança nasce, porque lhes dá segurança e tranquilidade.

Então, a agência norte-americana Spence-Chapin teve a ideia de recrutar voluntários para abraçar bebés abandonados de 2 a 6 semanas.

Depois de um treino especializado, os voluntários não fazem nada a não ser mimar os bebés, dar-lhes amor e um pouco do seu tempo.

Frequentemente, tiram fotografias que posteriormente são guardadas e podem vir a ajudar na bagagem emocional das crianças.

Entretanto, a ideia já se espalhou para outros países, como a Itália – a associação Dharma atua na área de Brescia com 300 voluntários.

É importante nutrir o corpo, mas ainda mais nutrir a alma, principalmente a de um bebé indefeso, inocente e abandonado, que merece todo o amor do mundo.

PARTILHE!

“Eu ensino o meu filho a cozinhar e a fazer as tarefas do lar”. E você?

Em vez de pagar por uma festa de casamento, eles usaram o dinheiro para viajar 400 dias. Foi a sua lua de mel