Mulher dá pedaço de papel a um sem-abrigo e ele revela sua verdadeira identidade

Esta é a história de Raimundo, um homem sem abrigo que vive nas ruas de São Paulo desde os anos 70. Este homem passou os seus últimos 35 anos a escrever poemas no meio da rua em pequenos pedaços de papel.

Milhares de pessoas passam todos os dias por aquele homem que está sempre no mesmo sitio, escrevendo pequenos pedaços de papel, e nunca ninguém se preocupou com ele. Este homem tinha o sonho de ver um dia a sua obra publicada em livro, e isso fez com que todos os dias ele não desistisse de escrever.

Até que um certo dia uma mulher estabeleceu amizade com Raimundo, Shalla parava para saber se tudo estava bem com o homem, até que um dia ela recebeu um pedaço de papel escrito por Raimundo!

A mulher não queria acreditar no talento de Raimundo, e decidiu abrir uma página no Facebook, para mostrar os trabalhos de Raimundo, e a página foi um sucesso, num instante atingiu os 100.000 seguidores.

Um irmão de Raimundo viria a descobri-lo através dessa página criada, pedindo-lhe que fosse viver com ele para sua casa. Raimundo 35 anos depois, podia tomar um banho e ter uma casa para poder viver, e ficou eternamente agradecido a Shalla, pelo que fez com ele. Hoje ele está a trabalhar na edição de um livro da sua autoria de poesia.

Se esta história lhe tocou ou inspirou, PARTILHE com os seus amigos no Facebook!

Menina com síndrome de Down não se apercebe que está a ser alvo de troça até que os atletas param o jogo para dar uma lição aos bullies

Polícia aborda um rapaz assustado na rua – dias depois, ele recebe uma chamada terrível da sua mãe