in

Pai solteiro adota 5 irmãos para que possam ficar todos juntos

Lamont Thomas, um homem nova-iorquino, fez o possível para esconder as lágrimas após adotar 5 irmãos com idades entre os 5 e 1 ano. Thomas tem vindo a acolher crianças desde 2000 e criou mais de 30 jovens desde então. Após um longo processo, a família de Thomas ficou maior, com cinco novas adições.

“Eu estava a lutar para conter as lágrimas. Todos os dias que penso nisso, os meus olhos incham. Tudo o que aguentámos para que isto acontecesse foi realmente incrível”, conta Lamont. Atualmente, tem 12 filhos adotivos em sua casa.

Lamont começou a ajudar alguns dos seus amigos que perderam o filho para o sistema, e quando finalmente conseguiu a sua licença, tornou-se pai adotivo imediatamente, e nada o parou desde então.

Em 2007, adotou os gémeos Germayne e Tremayne, juntamente com outras duas crianças chamadas Jamie e German, e pouco tempo teve um filho, chamado Michael.

“Ele nunca recusou uma criança”, disse Michael, assegurando que o pai solteiro nunca deixou de regar os seus filhos adotivos com amor.

“Eu queria fazer a diferença, queria fazer a diferença sendo a diferença para estes jovens”, conta Lamont.

“É incrível que ele acolha todas as crianças. Ele faz qualquer coisa por qualquer criança. É um homem incrível”, disse LaMonica, 27 anos, filha biológica de Lamont. Michael também comentou que cuidar dos filhos é realmente a missão de Deus do seu pai. Os dois filhos biológicos de Lamont quase não conseguem entender como é que o seu pai está sempre tão disposto a começar tudo de novo, com crianças menores de 5 anos.

Lamont teve de agir quando soube da história dos irmãos Zendaya (5 anos), Jamel (4), Nakia (3), Major (2) e Michaela (1), que foram separados e tiveram de viver em quatro lares adotivos diferentes, longe uns dos outros, e em quatro cidades diferentes.

Então, decidiu acolher cuidar de todos os pequenos irmãos e irmãs, até que conseguiu finalmente adotá-los. Se não fosse por Lamont, os cinco irmãos continuariam a crescer separados.

“Lutei durante quase dois anos e meio apenas para poder reuni-los e vencemos, conseguimos”, disse.

A família de Lamont ficou ainda maior, e ele continua mais que disposto a ajudar outras crianças, mesmo que isso signifique ter a casa mais apertada e barulhenta. Depois de quase dois anos de espera, os novos filhos de Lamont finalmente serão criados como irmãos – exatamente como deveriam ser.

Menino ajuda o seu melhor amigo de 7 anos a dar os primeiros passos desde acidente de carro

Depois de 19 anos de casamento, este homem descobriu que a sua mulher era um homem quando era jovem