Os serviços tiram-lhes o seu filho de um ano porque são “velhos demais” para cuidar dele

Esta é a história de uma mulher de 63 anos e um homem de 65 que se tornaram os pais mais velhos do Reino Unido.

O casal contratou uma barriga de aluguer de 30 anos, que engravidou com o esperma do homem de 65 anos e doou um óvulo.

Para isso, tiveram de ir a uma clínica no estrangeiro pois eram considerados demasiado velhos por diversas clínicas de fertilidade do Reino Unido.

A certidão de nascimento do bebé indicava que a mãe era a barriga de aluguer e o seu pai era o marido dela. Então, o casal assinou uma ordem parental em que dava ao casal mais velho o direito de adoção.

Contudo, os serviços sociais resolveram seguir o caso com atenção, e tiraram-lhe a criança, que tem agora um ano, por considerar o casal incapaz de cuidar dela devido à idade avançada.

Após ser determinado que as medidas necessárias para assegurar o bem-estar e segurança da criança não tinham sido tomadas, esta foi colocada num orfanato e os pais adotivos possuem o direito de fazer visitas supervisionadas limitadas.

O casal vai tentar reverter essa decisão e lutar para ficar com os direitos da criança. “É uma situação muito incomum. Mesmo que esteja com raiva, os assistentes sociais fizeram o que acreditam ser melhor para o bebé”, disse uma fonte anónima.

Entretanto, pessoas por todo o mundo na internet têm mostrado muita indignação. “Avós desta idade podem cuidar de crianças sem problemas. Porque não podem ser pais?”, “as crianças estão certamente mais seguras com este casal mais velho do que um casal de 16 anos” são alguns dos comentários que se podem encontrar.

Qual a sua opinião sobre este caso? PARTILHE!

Professora heróica e os seus alunos são recompensados com um incrível presente na televisão

Casal solitário visita casa aberta. O coração deles salta ao verem as fotografias de família no balcão