in

Os filhos não precisam de uma mãe perfeita, mas de uma mãe feliz

Ser mãe acarreta uma grande responsabilidade, e por melhor que se seja, é impossível não cometer erros, pois ninguém é perfeito.

Não há uma fórmula secreta para se ser boa mãe – cada mulher acaba por o conseguir com dedicação e aprendizagens diárias.

É errado tentar ser uma mãe perfeita. Aliás, é mesmo contraproducente, porque se pode tornar frustrante e levá-la a deixar de aproveitar a beleza da maternidade.

Quando exigimos a perfeição de nós próprios, estamos a condenar-nos ao fracasso e a reprimir a nossa espontaneidade. As mães têm o dever de proporcionar aos filhos um ambiente repleto de amor, compreensão e respeito, mas ninguém espera delas a perfeição absoluta.

Para além disso, as crianças aprendem bastante através do exemplo, pelo que uma mãe que encare os seus erros com naturalidade, tente melhorar e que se mostre satisfeita vai muito provavelmente ter filhos mais felizes.

O mais importante é estar confortável no papel de mãe, e assim vai tudo fluir instintiva e genuinamente. A verdade é que nenhuma criança precisa de uma mãe perfeita, precisa sim de uma mãe humana e que mostre que é normal não fazer rigorosamente tudo bem e que não há mal nenhum nisso. Desta forma, a criança vai crescer mais confiante, otimista e com maior tolerância à frustração.

Foque-se em estar em paz consigo mesma, e verá que tudo o resto vai acontecer de forma natural.

PARTILHE!

Mulher descobre que vestido comprado em loja de segunda mão tem uma história incrível

Trio talentoso deslumbra a plateia com performance incrível