Histórias

O examinador reprova-a sem sequer entrar no carro: “este carro está sujo”

Recentemente, um examinador de condução reprovou uma adolescente no exame de condução antes mesmo de ela ter a chance de assumir o volante. Segundo o pai da adolescente, tal ocorreu porque o examinador considerou o carro, que pertencia ao instrutor da jovem, muito sujo.

O pai, Paul Turner, disse que a sua filha de 17 anos esperou meses para fazer o teste, mas agora está “perturbada” por tudo o que se passou, e já não se senta no banco do condutor desde que o examinador do Centro de Testes de Blackpool, no Reino Unido, a reprovou por algo que não tinha nada a ver com a condução.

“Era o carro do instrutor e estava impecável, exceto por alguns pedacinhos de borracha de quando o instrutor apagou algo nas suas anotações. Essas limalhas não estavam no banco ou em qualquer lugar onde o examinador se sentasse. E não é como se houvesse pacotes de batatas fritas e latas vazias em todos os lugares”, explica Paul.

Paul conta que o examinador se recusou a entrar no carro, então o instrutor interveio e pediu uma segunda opinião. No entanto, o examinador não prestou atenção.

“É ridículo. Eles passaram cerca de 10 minutos a discutir e a tentar resolver o assunto, mas não conseguiram. Então, ela chumbou mesmo sem pegar no carro, e não há como recuperar o dinheiro. Ela ficou muito perturbada, numa torrente de lágrimas”, lembra o pai.

As pessoas na esperança de obter uma licença precisam de ficar numa lista de espera por 4 a 5 meses antes de fazer um exame de condução prático.

“Não consigo ver uma razão pela qual ele não conseguisse entrar no carro. No final das contas, ele é um funcionário público e precisa de ser responsabilizado. Há um acumular de pessoas a querer fazer o exame, e ele só está a piorar as coisas sem necessidade”, acrescentou Paul.

Entretanto, a Driver and Vehicle Standards Agency (DVSA) pronunciou-se e disse que a limpeza dos carros faz parte dos protocolos implementados devido à pandemia.

“A prioridade da DVSA é proteger os nossos clientes e funcionários e impedir a propagação do COVID-19. Foram emitidas orientações de que os carros usados ​​nos exames de condução deviam ser limpos antes do teste para diminuir a chance de infeção. Os exames de condução não serão realizados se isso não for seguido para garantir a segurança pública”, comunicaram.

PARTILHE!

Mais Populares

To Top

Possível adblock detectado

Se estiver a usar um Ad Block por favor desligue-o no nosso website. Os anúncios são essenciais para a manutenção deste website.

Refresh