Nascem em 3, mas duas delas são siamesas: veja como estão 15 anos depois!

É muito complicado para o corpo de uma mulher ter gémeos, por isso o desenvolvimento dos embriões pode ter problemas, como nascerem siameses.

Esta é a história de Macy, Mackenzie e Madeline, trigémeas em que duas são siamesas. Macy e Mackenzie nasceram há 15 anos, ligadas pelo abdómen e com uma perna em comum.

Ninguém sabia se elas conseguiriam sobreviver e se poderiam ser separadas com sucesso. Infelizmente, os pais biológicos abandonaram-nas, e como estavam associadas a muitas despesas e encargo emocional pesado, as meninas não foram adotadas.

Então, os médicos decidiram cuidar delas, e passaram-se muitos meses de exames e tratamentos, mas acima de tudo esperança.

Passado algum tempo, Darla e Jeff Garrison adotaram as pequenas, mesmo não tendo muito dinheiro, mas conseguiram financiamento e resolveram separá-las.

Com apenas 9 meses, as gémeas siamesas passaram por uma cirurgia de 24 horas. Semanas antes, os médicos tinham implantado um expansor, para ser possível criar mais pele necessária.

Após a operação, as meninas tiveram de realizar muitas sessões de fisioterapia, e o resultado foi incrível!

As três irmãs viveram uma infância plena na fazenda dos pais, e puderam contar com o apoio da comunidade enquanto cresciam.

São precisas mais pessoas como Darla e Jeff, dispostos a dar amor a crianças que precisam tanto de ajuda. PARTILHE!

Homem amamenta a filha recém-nascida e comove o mundo

Revelada a maneira como o treinador de futebol sobreviveu juntamente com as 12 crianças presas na gruta