Mulher de polícia toca na barriga de sem-abrigo grávida apenas para descobrir que é o filho deles que lá está

Enquanto polícia, há certas pessoas que encontramos mais que outras. Apesar das diferenças, tenta-se construir um relacionamento com essas pessoas e cuidar delas o máximo possível. Para o oficial do Departamento de Polícia de Santa Rosa, Jesse Whitten, havia uma mulher toxicodependente e sem-abrigo com quem ele partilhava esse tipo de vínculo.

Jesse parava sempre para ter a certeza de que ela estava bem, verificava o seu estado de saúde e conversava por alguns minutos (se não a estivesse a levar para a esquadra por um crime). Uma das vezes que Jesse encontrou a mulher, ele estava com a sua esposa Ashley. No começo, Jesse não viu nada diferente, mas então olhou para baixo e reparou no seu estômago saliente…

“Eu mencionei: oh, você está grávida. Ela disse que sim e eu coloquei a minha mão no seu ventre”, conta Ashley. A partir daí, as mulheres conversaram sobre a gravidez (as partes boas e más), criar filhos e a vida em geral. Mas não foi até vários meses depois, quando os Whitten estavam numa festa no Dia dos Namorados, que receberam uma chamada da última pessoa que esperavam.

Era uma assistente social a dizer que a sem-abrigo tinha pedido especificamente para os Whitten adotarem a sua filhinha! No começo, eles ficaram chocados com a oferta, mas quanto mais eles pensavam sobre isso, mais eles acharam que era a coisa certa a fazer!

Então, Jesse e Ashley correram para o hospital e deram as boas-vindas à sua nova bebé, Harlow Masie Whitten de braços abertos. A mãe biológica obviamente sabia como seria boa a vida que o casal poderia dar à bebé, que agora terá uma verdadeira oportunidade de viver uma infância feliz e ter uma vida inteira de sucesso.

Nós só podemos esperar que quando Harlow ficar mais velha, ela possa entender e respeitar a difícil decisão que a sua mãe biológica teve que tomar antes do seu nascimento. PARTILHE!

Casal com síndrome de Down casa apesar das críticas e calam todos 25 anos depois

Polícia ferido com tiro na cabeça é levado para a cirurgia e enfermeira observa-o a sussurrar “amo-te” para a esposa