Menina de 9 anos está grávida de 5 meses do padrasto e não pode abortar

Esta é a história de uma menina de 9 anos, residente no Peru, que ficou grávida depois de ser vítima de violações por parte do padrasto até 10 vezes por dia.

Lina Violeta Julca Rios, a mãe da pequena, só se apercebeu disto quando viu a filha com a barriga demasiado inchada.

Então, levou-a ao hospital, onde descobriram que ela estava grávida de 5 meses, mas aí já é tarde para fazer um aborto, de acordo com a lei.

Naturalmente, Lina saiu da casa onde vivia com o homem que violou a filha, mas infelizmente os danos já tinham sido feitos.

A menina conta que os abusos decorriam no interior da habitação, quando estavam só os dois em casa.

Chambergo Tapia, o pedófilo em questão, vai agora fazer face a acusações muito graves.

Médico conforta bebé por mais de uma hora enquanto a mãe está na emergência

Pai adolescente morre durante o sono – quando a companheira dá à luz, descobre que o filho é de outra pessoa