Menino sobrevive à picada de uma das aranhas mais venenosas do mundo

Esta é a história de Matthew Mitchell, um menino que sofreu uma experiência traumatizante quando estava no quintal de casa em Berkeley Vale, na Austrália, com os pais.

Matthew estava a correr descalço pelo quintal, e quando foi calçar os ténis sentiu uma dor aguda e deu um grito. Os pais foram imediatamente em seu auxílio, e viram uma marca de picada gigante na mão do filho e uma aranha-teia-de-funil agarrada a ele.

“Ela agarrou-se a mim e todas as patas fecharam-se ao redor do meu dedo. Eu não conseguia tirá-la”, conta o pequeno.

Na Austrália, encontramos inúmeros animais perigosos, como cobras, crocodilos e a aranha-teia-de-funil está no topo da lista de aracnídeos mais venenosos do mundo.

O veneno desta aranha é fatal e pode fazer efeito em apenas 15 minutos, então os pais dele levaram-no logo para uma clínica.

Contudo, a clínica estava fechada e tiveram de ir procurar ajuda numa farmácia, onde a equipa amarrou o braço de Matthew com uma camisa rasgada, de forma a que o veneno não alastrasse.

Então, chamaram uma ambulância, mas quando esta chegou Matthew já se encontrava em estado crítico e a ter convulsões.

No Hospital Gosford, o pequeno continuava a espumar pela boca e a suar, o que fez os médicos tomar uma decisão inédita: dar-lhe a maior dose de soro antiveneno alguma vez administrada na Austrália.

Ao todo, o menino recebeu 12 frascos de antiveneno, sendo que o recorde passado era de apenas 4.

Em pouco tempo, o antídoto fez efeito e Matthew conseguiu recuperar por completo. Quando o menino e os pais estavam no hospital, a irmã gémea e um amigo da família conseguiram apanhar a aranha, que levaram para o Australian Reptile Park, onde vai ser utilizada para fazer mais antídotos.

Matthew vai receber o “Prémio Homem-Aranha” devido à coragem que demonstrou ao sobreviver a uma picada mortal de aranha, cujo veneno é suficientemente forte para matar um adulto num quarto de hora.

PARTILHE!

Filhos de uma mulher salvam-na de ex-marido violento

Após perder 40kg, ator surge irreconhecível em capa de revista