A mais pequena mãe do mundo morre aos 44 anos de idade

Esta é a história de Stacey Herald, uma mulher que tinha apenas 70cm de altura, pois nasceu com um problema genético muito raro chamado Osteogenisis Imperfecta.

Infelizmente, Stacey faleceu no dia 29 de agosto, deixando a família desolada. Ela era casada com Will, de 35 anos, e era mãe de duas meninas de 11 e 10 anos, Kateri e Makya, e um menino de 8 anos, Malachi.

Os médicos avisaram Stacey, quando esta estava grávida, que se o bebé ganhasse muito peso dentro da sua barriga, ela podia ter problemas pulmonares e cardíacos, e até mesmo morrer.

Contudo, ela resolveu ter a bebé, e depois disso ainda deu à luz mais dois bebés. Infelizmente, Kateri e Malachi herdaram a doença genética de Stacey, ao contrário do que o casal desejava.

Depois do parto prematuro de 8 semanas de Malachi, Stacey precisou de 34 pontos no estômago, isto em 28 de novembro de 2010.

Na altura, Stacey ficou radiante por ter conseguido dar à luz o seu bebé tão lindo, que embora tenha a mesma doença que ela, nasceu sem partir um único osso, algo muito raro nas pessoas com esse problema.

Stacey precisou de muita ajuda do marido Will para cuidar dos bebés, pois usava uma cadeira adaptada e havia muitas tarefas que não conseguia fazer com os filhos.

Sendo que Makya não herdou a doença da mãe, já era mais alta que ela aos 2 anos, e Stacey teve de confiar no marido para que este conseguisse incutir respeito à pequena.

Stacey será sempre recordada com muito carinho pela sua coragem, e fará muita falta à sua família. PARTILHE!

Plateia ri da fazendeira de 53 anos – mas veja a reação deles quando ela abre a boca

Jornalista Dá a Notícia Da Morte Da Própria Filha