Mãe adormece a filha bebé. Horas depois ouve gritos e percebe que há um perigo escondido no quarto dela

Quando as mães colocam os seus filhos para dormir, a imagem da bela expressão pacífica deles é algo que permanecerá com elas para toda a vida. Alguns pais podem tomar como garantido que os seus filhos estarão à espera deles com um sorriso no dia seguinte, mas nem todos os nossos anjinhos acordam.

No dia 28 de fevereiro de 2016, Keri Hall Volmert colocou a sua filhinha de 17 meses na cama para passar a noite, e foi a última vez que a viu. Se o filho de 3 anos de Keri não tivesse dormido no seu quarto naquela noite, ele também teria sucumbido ao mesmo destino que a sua irmã.

Se a mãe soubesse antes do tempo que havia um perigo oculto em deixar os seus dois filhos dormir em andares separados, ela nunca teria permitido que isso acontecesse. Ela agora está a partilhar a sua história comovente na esperança de que os pais em todo o mundo aprendam com o seu erro trágico.

Naquela noite, Keri gentilmente colocou a sua filha Sammi no seu berço, feito para uma linda princesa. A doce Sammi já tinha dado as boas noites ao pai dela, e depois de alguns minutos de choro, caiu num sono profundo. No Facebook, Keri disse:

“O desespero e o pânico na voz do meu marido na manhã seguinte quando ele foi buscá-la lá em cima é algo que eu nunca esquecerei. Eu estava na cozinha a fazer café e assim que ele gritou por mim eu soube que algo estava terrivelmente errado. Eu congelei e ele gritou o meu nome de novo enquanto corria pelo corredor do andar de cima.”

Keri desabou em lágrimas quando viu o marido embalar o corpo flácido da sua filhinha. Dizer que os pais ficaram chocados e incrédulos seria um eufemismo. Keri foi ao encontro do seu marido enquanto ele descia as escadas a correr com o seu precioso anjo, e ela não podia acreditar que a filha deles, que estava tão cheia de vida apenas algumas horas antes, tinha partido.

A hipertermia é um perigo muito real para as crianças pequenas, já que elas não podem regular a temperatura do próprio corpo até aos três ou cinco anos de idade. Os médicos acreditam que Sammi não acordou e a sua morte foi relativamente indolor.

“Mesmo que o nosso termostato no andar de cima estivesse em 22 graus, o aquecedor estava em altas no andar de cima e parecia uma sauna. A temperatura registrou 37 graus no nosso termostato, que era tão alto quanto possível”, conta.

O filho do casal estava a dormir no quarto no andar de baixo, já que ele está na fase em que tem medo dos monstros debaixo da cama. Se não fosse por esses medos da infância, os médicos dizem que o pequeno Jackson provavelmente seguiria os passos da sua irmã.

Depois de Keri fazer mais pesquisas, descobriu que havia vários outros casos de hipertermia em residências de vários andares. Ela tinha-se informado o máximo possível quando descobriu que se tornaria mãe pela primeira vez, mas isso é algo com que nunca se tinha deparado.

“Após preparar-me para ser mãe, li vários livros e histórias sobre potenciais perigos que poderiam prejudicar bebês e crianças pequenas. Eu gostaria de ter lido uma vez sobre isso”, diz Keri.

Com sorte, os pais que estão agora a ler a história de Keri não terão de passar pela mesma experiência de cortar o coração.

Todos os pais devem saber como proteger os seus bebés e crianças da hipertermia. Fique atento aos sinais de insolação, que podem incluir febre superior a 39 graus, pulsação rápida, tonturas, confusão e pele quente ao toque.

Outras coisas a considerar:

– Deixe os seus filhos dormir no mesmo nível do seu quarto, para que possa sentir quando a temperatura aumentar;

– Use um monitor de bebé que possa medir a temperatura da sala;

– Mantenha sempre os aquecedores fora do quarto do seu filho;

Essas dicas podem parecer apenas senso comum, mas às vezes é uma boa ideia dar um passo atrás agora para reavaliar o que se está a fazer ou não.

Pode ser tarde demais para que esta mãe de coração partido mude o que aconteceu, mas Keri espera que, ao espalhar a notícia, outros sejam informados para tomar suas próprias medidas de salvamento. A tragédia parece sempre ajudar a aprender e crescer.

PARTILHE!

Esta casinha tem mais de 500 anos… mas o seu interior é incrível!

O Padre Português Musculado e Bronzeado Que Conquistou a Internet