Curiosidades

Islândia é o primeiro país a proibir que as mulheres recebam salários mais baixos que os homens

Desde o dia 1 de janeiro de 2018, entrou em vigor na Islândia uma lei que proíbe empresas dos setores público e privado de pagar salários mais altos aos homens do que às mulheres.

Basicamente, as agências governamentais e empresas privadas que tiverem mais de 250 funcionários vão precisar de obter uma certificação em como praticam políticas de remuneração igualitária.

Todos os negócios que não seguirem essa política vão ser penalizados com multas diárias no valor de aproximadamente US$ 435, para além de uma má reputação, é claro.

Esta medida fez da Islândia o primeiro país a nível mundial a tornar obrigatório o salário igualitário entre homens e mulheres.

Antes, nesse âmbito, a Islândia funcionava com cotas – as empresas com mais de 50 funcionários deveriam ter, no mínimo, 40% de mulheres na diretoria.

Segundo o Fórum Económico Mundial, a Islândia é o melhor país do mundo em termos de igualdade de género há 9 anos consecutivos.

O que acha da medida?

Mais Populares

To Top

Possível adblock detectado

Se estiver a usar um Ad Block por favor desligue-o no nosso website. Os anúncios são essenciais para a manutenção deste website.

Refresh