in ,

Homem levanta tampa de poço e fica boquiaberto com a criatura de 120kg que sai de lá

Estava um dia lindo no bairro – isto até que uma enorme criatura decidiu assustar todos! Os residentes do oeste de Colorado Springs ficaram surpreendidos quando viram uma cabeça gigante a sair de um buraco de serviço público. Não era uma criatura mitológica esquisita ou um cão confuso; a criatura aterrorizante era, na verdade, um urso preto com 120kg e um grande apetite…

Os funcionários do Colorado Parks and Wildlife rapidamente correram para o local depois de receberem uma chamada sobre um curioso urso negro a andar pelas ruas de Colorado Springs. Eles descobriram galhos partidos de arbustos, latas de lixo remexidas e uma tampa de poço atirada descuidadamente para o lado. Algo grande estava a vaguear pelas ruas, e eles precisavam de chegar ao fundo de imediato. Foi quando repararam que algo se movia um pouco dentro do poço… Não havia tempo para agir! Num piscar de olhos, um enorme urso negro correu do buraco de serviço e atravessou o pátio lateral de alguém. Após o treino, os funcionários do Parks and Wildlife usaram balas de borracha não letais para espantar o urso antes que ele (intencional ou acidentalmente) ferisse uma pessoa.

Depois de assustar o urso da vizinhança, o Colorado Parks and Wildlife explicou no Twitter porque é que atiraram com balas de borracha em vez de etiquetá-lo. A organização escreveu: “Atirar com balas de borracha não letais deu a este urso uma vida extra. Se ele tivesse sido manuseado e etiquetado, isso teria contado como um ataque contra o urso. Da próxima vez, teria que ser sacrificado”.

Mesmo que atirar balas de borracha pareça uma reação extrema para alguns, foi a melhor maneira de garantir que este urso sobrevive até ao próximo inverno.

Saiba mais sobre esse incidente assustador no vídeo abaixo. Talvez ele estivesse à procura de um pote de mel lá em baixo… PARTILHE!

Mãe vê as mãos do filho adolescente no dia da fotografia e desmorona devido a verdade que ele não consegue esconder

Medalha de ouro para o jovem bailarino António Casalinho