in

Homem fica na dúvida “Será que é ele” depois de ver adolescente assustado de há 13 anos atrás

Nunca sabemos onde as nossas vidas nos levarão, pois o futuro é algo imprevisível. A prova disso é este homem, que teve uma experiência que o fez sentir-se guiado pela mão do destino. Ao aproximar-se de um adolescente com queimaduras na cara num parque de estacionamento, ele percebeu quem era e não podia acreditar.

Chris Thorp, da Califórnia, foi o gerente de co-programa da Operação Enduring Warrior-Task Force Sentinel, tendo supervisionado programas que ajudam veteranos feridos e ex-soldados, reabilitando-os e dando-lhes apoio.

Um dia, Chris foi buscar a sua esposa ao trabalho, e iam para uma oficina mecânica para recolher o carro dela. Enquanto circulava pelo parque de estacionamento, Chris viu um jovem com cicatrizes de queimaduras no rosto e no corpo.

Ele não tinha a certeza se o jovem era alguém que conheceu em tempos, mas algo chamou a atenção dele.

Após deixar a sua esposa, Jenah, na oficina, Chris estacionou o seu carro para poder falar com o jovem. Chris não sabia se ia fazer papel de tonto, mas o seu instinto dizia-lhe que aquela era a pessoa que ele estava à procura.

Quase treze anos tinham passado. A última vez que Chris o viu, o jovem era apenas uma criança pequena, com cerca de 4 anos de idade, e tinha estado num acidente de carro a arder.

Chris aproximou-se do jovem e perguntou: “O teu nome é Christian?”. Quando o jovem disse que sim, Chris ficou incrédulo e arrepiado, mas continuou a perguntar algumas coisas para se certificar de que era a pessoa certa, Ele perguntou se o jovem tinha estado envolvido num acidente de carro na estrada 101 em Windsor quando era criança, o que este confirmou.

Na verdade, Chris foi uma das pessoas que tirou o menino do carro em chamas. Ele e outras pessoas bateram no fogo com os casacos e abriram a porta para tirar o menino do banco de trás.

Chris e Christian conversaram sobre as suas vidas, ainda maravilhados com o milagre do seu encontro. Então, o homem mais velho parou Christian e disse que tinha algo para ele. Chris tinha a Medalha de Ouro do Valor no seu porta-luvas, que recebeu depois de salvar Christian há muitos anos, e deu-lha, dizendo que o jovem era um guerreiro, mais corajoso do que jamais poderia ser.

Na sua página no Facebook, Chris narrou o acontecimento e escreveu:

“Ele aceitou, e de muitas maneiras eu percebi que tinha sido meramente o Guardião, até que chegou a hora de ele tomar posse da medalha. Eu ainda não sei como me sinto. Ele e a sua família são uma parte muito importante da minha vida. Uma parte de mim voltou para casa e, no mesmo momento, um enorme peso foi tirado do meu coração. Bem, Poder Superior… Se você está aqui, obrigado.”

Tanto Chris como Christian lembrarão para sempre este poderoso encontro.

PARTILHE!

Irmãs causam arrepios ao interpretar “Creep” dos Radiohead no The Voice Kids

O perdão é uma cura para a alma, mas não quer dizer esquecer o que aconteceu