in

Gémeas siamesas que ficaram famosas em 2002 reaparecem na televisão anos depois para mostrar como estão a ser as suas vidas separadas

Esta é a história de Kendra e Maliyah, gémeas siamesas, nascidas no dia 26 de fevereiro de 2002.

Durante a gravidez, já se sabia que as bebés partilhavam o mesmo intestino, bexiga, fígado e tinham apenas um rim, o que levou os médicos a alertar os seus pais, Erin e Jake, que elas não tinham os órgãos necessários para viverem separadas fora do útero.

Contudo, as pequenas surpreenderam tudo e todos, pois sobreviveram e começaram a crescer. Quando as gémeas fizeram 4 anos, os seus pais tomaram a decisão de tentar uma cirurgia de separação, porque sabiam que era a única forma de elas poderem vir a ter uma vida normal.

A cirurgia contou com 6 cirurgiões e levou um total de 26 horas, mas felizmente correu tudo bem, e a novidade correu o mundo inteiro.

Kendra ficou com o rim que partilhavam, e Maliyah teve de fazer hemodiálise até receber um transplante de rim da mãe.

Apesar de o processo de recuperação ter sido longo, as gémeas ficaram bem, e hoje em dia podem desfrutar da vida separadas, pelo que estão muito gratas à coragem dos pais e ao trabalho dos cirurgiões.

Veja o vídeo e PARTILHE!

A primeira fonte de vinho em Itália: aberta 24 horas e gratuita

Ter um filho menino é ganhar um príncipe encantado para sempre