Esta fruta tirou a vida a uma criança. Agora, a sua mãe devastada implora que mantenha este alimento longe dos seus filhos

Emma Carver e Mohammad Umar são um casal que, infelizmente, perdeu o filho de 2 anos, Ayyan Umar.

Antes da tragédia, Emma foi com o filho às compras, e sentou-o num carrinho. Enquanto escolhia o queijo, não reparou que Ayyan tinha agarrado duas uvas inteiras que estavam no carrinho. O menino ingeriu-as, mas estas ficaram presas na sua via respiratória, sufocando-o. Emma bateu nas costas do menino, numa tentativa de o ajudar a expulsar as uvas de dentro.

Entretanto, um homem que estava presente chamou as urgências, que chegaram 5 minutos depois.

Os médicos conseguiram retirar as uvas das vias respiratórias de Ayyan, mas já foi demasiado tarde.

Completamente devastados com a sua perta, os pais de Ayyan fazem agora questão de alertar todos os pais para terem aulas e primeiros socorros.

Gosto desta publicação -->

Segundo a Academia Americana de Pediatria, é também bastante importante manter as uvas inteiras longe de crianças. Os pais devem cortar as uvas verticalmente antes de as dar a crianças até aos 4 anos.

PARTILHE!

Um rapaz cansado e a sua vaca perdem na feira de produtos lácteos, adormecem e ganham a internet

Ela é sequestrada por três homens que querem abusar dela, então uma ideia de génio salva-lhe a vida!